Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"A AGENTE DE NÚCLEO"

      Mirna era tão comum, nascera no Brasil, e por isso tinha baixa autoestima, sempre muito preocupada em ser alguém, claro ela nasceu antes dos anos Noventa, nascera nos eternos anos sessenta, por isso tal fato se justifica. Ela era uma menina que gostava de estudar, mas não de ler, a leitura incomodava por demais seu coraçãozinho nacioanal.

      Se esforçava muito quando um professor ou outro pedia que todos lessem para nota, mas como esta tarefa lhe parecia árdua, ao ler era como se estivesse perdendo uma boa dança na Discoteque.

       Sua mãe casou virgem, ela não, logo conheceu Daniel, um aspirante a cabo do Exército, que sonhava em ser um capitão.

       Eles namoraram, se relacionaram, antes do casamento, e depois casaram num belo dia de Primavera, do mes de setembro. Ganharam de presente de uma tia do marido dela: Um dia de lua-de-mel, regado a champanhe, no Copacabana Palace.

        Agora com esta façanha a autoestima da nossa Mirna subiu um pouquinho, e foi ali, vendo gente endinheirada e mulheres louríssimas e altas, que a mulher de estatura média e pele bem queimada de sol, resolveu ser rica e poderosa. Planejou tudo sem seu esposo saber.

        Bem, logo, logo pariu, teve uma menina, ela deu-lhe o nome de Jéssica, então foi um sucesso badalar com um novo rebento nos braços, como bem dizia: - Alan Macfarlane.


         Foi incrível! todos cumprimentavam a senhora mãezinha, e nossa que sucesso sua baby fazia, ela pensava que ter um filho era sinal de poder.

          Porém tudo se tornou entendiante, já que limpar o bumbum de uma criança quase vinte e quatro horas por dia...não era lá muito estimulante...


    P.S - O SEGUNDO E ÚLTIMO CAPÍTULO SERÁ POSTADO NO SÁBADO...VOCE NÃO PERDE POR ESPERAR!

       
Valéria Guerra
Enviado por Valéria Guerra em 30/08/2018
Código do texto: T6434609
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Guerra
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3439 textos (120977 leituras)
196 áudios (9317 audições)
3 e-livros (183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/06/19 01:48)
Valéria Guerra