Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As aranhas assassinas

Madrugada no distrito de Bento da Fé, Município de Barro de Algodoal. População: 25 habitantes. Marisco estava voltando de uma festa. Perto da sua casa ele sente algo pairando no ar. Uma espécie de névoa. De repente, milhares de aranhas fantasmagóricas saem da névoa. Pane, pânico para Marisco. Ele sai em disparada, mais umas aranhas alcançam ele e o devoram, deixando apenas o esqueleto á mostra.

Continuação, dia 15/06
Zorro Poeta
Enviado por Zorro Poeta em 12/06/2019
Reeditado em 13/06/2019
Código do texto: T6671347
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zorro Poeta
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
4201 textos (136232 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/06/19 16:24)
Zorro Poeta