Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANIBAIS DE GARANHUNS

[baseado no caso verídico do município de Garanhuns - PE]

Pessoas normais, bem comuns
Não despertariam nenhuma suspeita
Na cidadezinha de Garanhuns,
Mas eram canibais da maligna seita

Restos mortais descartados no poço
Mulheres mortas num cativeiro
Sangue arterial jorrando do pescoço
Vítimas mutiladas no banheiro

Alimentavam-se desta carne humana
Entre as diversas refeições,
Quitutes feitos durante uma semana,
Em meio aos ritos e orações

A liturgia da purificação d’um mundo
Enquanto a maldade faz morada
Este sangue vertido acalma o impuro
Com carne humana essa empada

Vendida salgados para ter subsistência,
Neste seu maligno feitio
Na mística da incongruente demência,
A seita fundada pelo trio

Suas alcunhas são Jorge, Bruna e Isabel
Férvidos deste espiritualismo,
Esses anômalos andavam à noite pelo léu
Para praticarem canibalismo!
rodrigokurita
Enviado por rodrigokurita em 26/03/2020
Código do texto: T6897795
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
rodrigokurita
Mogi das Cruzes - São Paulo - Brasil, 35 anos
144 textos (9194 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/03/20 21:20)
rodrigokurita