Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mestre (Ogata)

Por: Egídio Garcia Coelho
www.radiowebimmb.com.br

Mestre (Ogata)

Em meio a correria,
há muito vinha tentando,
compor essa poesia,
com inspiração faltando...

Estava eu aprendendo,
como fazer treinamento,
meu mestre me convencendo,
desenvolver um talento...

Ao fazer um exercício,
focado na melhoria,
foi grande meu benefício,
numa visão que surgia...

Numa pirâmide eu entrei,
pra vencer insegurança,
a cena que imaginei,
viva tenho na lembrança...

Sobre um palco eu me via,
como sendo instrumento,
muita gente me aplaudia,
recebendo ensinamento...

Hoje porém, reconheço,
muito tenho que aprender,
o que sinto não tem preço,
devo assim compreender...

Sem modéstia eu diria,
que sei bem como fazer,
o que meu "mestre" fazia,
me incentivando a crescer...

Assim o que parecia,
ao receber instrução,
ser fruto de fantasia,
hoje sinto ter na mão...

Quando em público eu falo,
com pureza de intenção,
com aplausos eu me calo,
pra conter tanta emoção...

De coração reconheço,
o gênio facilitador.
Minha admiração e apreço,
por propagar o AMOR...

A ti dedico este verso.
"OGATA" grande parceiro,
Revelou-me o universo.
Como "mestre" e companheiro...

http://www.holospa.com.br
Egídio Garcia Coelho
Enviado por Egídio Garcia Coelho em 11/04/2007
Reeditado em 10/06/2014
Código do texto: T446241
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Egídio Garcia Coelho
Rancho Queimado - Santa Catarina - Brasil, 65 anos
317 textos (230361 leituras)
13 áudios (4906 audições)
4 e-livros (126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/07/21 16:28)
Egídio Garcia Coelho