Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E O QUE RESTOU FOI SAUDADE GRAVADA EM MINHA MEMÓRIA

Me pediram pra fazer uns versos a respeito do CORETO destruído em Afogados da Ingazeira. Hoje na praça o tal prefeito destruidor deixou uns restos para instigar a nossa saudade daquele tempo especial que vivemos ali. Pura maldade. Me pediram pra postar e estou postantdo.

1. O TEMPO CORRÓI PASSADO
E DESAFIA PRESENTE
QUEM ASSISTIU SE RESSENTE
DAQUILO QUE FOI TRAGADO
PELO TEMPO ANIQUILADO
VIROU APENAS HISTÓRIA
DEIXOU DESBOTADA A GLÓRIA
DA MINHA LINDA CIDADE
E O QUE RESTOU FOI SAUDADE
GRAVADA EM MINHA MEMÓRIA.

2. OLHANDO A DESTRUIÇÃO
PERGUNTO NESSE SONETO
QUEM DESTRUIU O CORETO?
Ô HOMEM SEM CORAÇÃO
HOJE ESPALHADO NO CHÃO
DUMA MANEIRA SIMPLÓRIA
DEIXADO ALI FEITO ESCÓRIA
SEM QUALQUER IDONEIDADE
E O QUE RESTOU FOI SAUDADE
GRAVADA EM MINHA MEMÓRIA.

3. A PRAÇA PERDEU SEU BRIO
BRINCADEIRAS DE CRIANÇA?
ISSO HOJE É SÓ LEMBRANÇA
DO TEMPO DO PASTORIL
DA FORMA PRIMAVERIL
TEMPO DA JACULATÓRIA
TEMPO DA DEDICATÓRIA
DA PROVA DE LEALDADE
E O QUE RESTOU FOI SAUDADE
GRAVADA EM MINHA MEMÓRIA.

4. EU FICO SÓ ME LEMBRANDO
MENINAS PULANDO CORDA
QUEM É QUE NÃO SE RECORDA
DA MENINADA ESPIANDO?
LEMBRO MINHA MÃE GRITANDO:
VAI LEVAR UMA PALMATÓRIA
E DE FORMA COMPULSÓRIA
BATIA EM MIM COM VONTADE
E O QUE RESTOU FOI SAUDADE
GRAVADA EM MINHA MEMÓRIA.
djalma marques
Enviado por djalma marques em 29/04/2015
Reeditado em 29/04/2015
Código do texto: T5224180
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
djalma marques
Recife - Pernambuco - Brasil
72 textos (8627 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/03/20 10:05)
djalma marques