Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALGUMAS COISAS SOBRE ALGO - CORDEL DO AMOR



ALGUMAS COISAS SOBRE ALGO - CORDEL DO AMOR
Marcial Salaverry
 
Para um poeta poetar,
basta sua alma estimular,
e para o mote aceitar,
vou ter que de amor falar...

Falar de amor é sonhar,
é para a amada
muitas flores ofertar,
deixá-la apaixonada.
 
Dedicar-lhe algumas rimas...
Que mulher não vai gostar,
de saber que inspira
alguém de amor poetar...
 
O amor pode ser um sonho,
que deixa qualquer um risonho...
E agora simplesmente se diz,
o amor, não lhe deixa feliz?
 
É bom amar o amor
quando no peito não há dor,
nem padecer, ou sentimento
de saudade ou de rancor
 
Amar apenas pelo gosto de amar,
sem medos, sem cuidados
com lassidão, falam ao lado
esperando pela satisfação chegar
 
Amar para sentir-se ativo,
um gosto extraordinario
no simples viver diário
Amo porque estou vivo...
 
Um abraço, será ainda
uma prova de amor.
Trazendo alegria infinda,
e para o coração, muito calor.
 
Estas trovas vão trazendo
algo de bom, de gostoso,
e assim estão fazendo
algo de fabuloso.
 
Parecem declaração de amor,
alguma paixão recolhida...
despertando um certo calor,
ou uma coisa que estava escondida.
 
O que estará a inspirar?
Que coisa estranha, misteriosa,
que um poema faz pensar,
em tornar esta vida mais gostosa.
 
Pergunta-se a uma misteriosa dama,
se isto que começou por um nada,
possa ser a flama,
a iniciar uma boa poetada...
 
São apenas pobres versos
que pouco valor literário têm
são apenas brincadeira
de quem sabe brincar bem
 
O que seria do mundo
se tudo fosse sério
pois gosto do etéreo
que está lá no fundo...
 
Assim é a amizade
quando verdadeira...
Traz até necessidade
de fazer de poesia besteira.
 
Há quem busque com calor
mesmo assim virtual,
um pouco de amor
que é o que deseja afinal
 
Com certeza uma linda brincadeira,
e tudo começou
como bobageira,
mas agora melhorou.
 
Feliz em poder fazer feliz,
ao lado de quem te ama,
pois é muito infeliz,
quem não tem do amor a chama.
 
A brincadeira pela rima,
sempre é uma emoção.
Isso nossa alma anima,
e estimula a criação.

Mas, porém, todavia, contudo,
depois disso tudo,
fazendo um ligeiro estudo,
se não gostar, é só deletar tudo...

Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 17/06/2015
Código do texto: T5280591
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 80 anos
22321 textos (2347933 leituras)
3 áudios (928 audições)
6 e-livros (2181 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/07/19 09:58)
Marcial Salaverry