Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RUINAS DO MEU PASSADO

Aquela antiga morada
Minha infância de ilusão
Foi pra mim uma mansão
Hoje vive abandonada
Em ruinas maltratada
Passei perto pra rever
Fiquei na porta à bater
Aberta pela metade
Mas apenas a saudade
Chegou pra me atender.

Não pude ali me conter
Chorando em desigualdade
Eu perguntei à saudade
Cadê mamãe que morava
Aqui onde eu tanto amava
Você pode me dizer?
Demorou pra responder
Sentou num canto da sala
Respondeu partindo a fala
O tempo deixou morrer.

Lágrimas no rosto a correr
Debaixo do arvoredo
Onde eu guardava segredo
Ali fui me recostar
Lá consegui encontrar
Inda meu nome gravado
O de mamãe apagado
Apenas as iniciais
Saí pra não voltar mais
Nas ruínas do passado.

Thiago Alves – 4/4/2018.
A Arte de Thiago Alves
Enviado por A Arte de Thiago Alves em 05/04/2018
Código do texto: T6300863
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
A Arte de Thiago Alves
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
179 textos (13430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 02:42)
A Arte de Thiago Alves