Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VELHICE É UM DÉBITO DA IDADE

Desabrocha a flor da mocidade
Que a bondade da vida oferece
A beleza em raios resplandece
Dando força e potencialidade
Mas o tempo vem com facilidade
Devagar vai trazendo a diferença
Murcha a flor da beleza e sem licença
Desfigura o valor da vaidade
A Velhice é um débito que a idade
Pode até prorrogar mais não dispensa


A beleza do jovem muito encanta
É um mar de alegria e de braveza
É um rio em forte correnteza
Rumo à um mar onde o sonho mais encanta
Mas o tempo retirando essa manta
É juiz que decreta essa sentença
Não aceita habeas corpus com valença
Que anule essa pena de saudade
A Velhice é um débito que a idade
Pode até prorrogar mais não dispensa

Mote: Antonio Alves
Glosa: Thiago Alves

A Arte de Thiago Alves
Enviado por A Arte de Thiago Alves em 15/04/2018
Código do texto: T6309252
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
A Arte de Thiago Alves
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 57 anos
134 textos (4657 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/18 13:51)
A Arte de Thiago Alves