Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INCONGRUÊNCIAS DA CRENÇA

Por Gecílio Souza

Supondo que Deus exista
Está posta a confusão
Pois se fosse o nosso pai
Do meu pai eu seria irmão?
Me casaria com minha irmã
É incesto ou contradição
Seria Deus meu pai ou avô?
Não entendo essa relação
O meu irmão o seria duplamente
Onde fica a filiação?
Se Deus é pai do meu pai
Dele sou neto, então
Mas se todos somos seus filhos
Veja só que aberração
Portanto ninguém é estranho
É a mesma ramificação
Entre parentes e o estranho
Não há a menor distinção
Já que todos são parentes
Independente da geração
Filho do mesmo e único Pai
Quero uma explicação
Que me convença de fato
Não me venha com religião
A crença religiosa
Só complica a situação
Pois dá como fato histórico
A metáfora de Adão
Que se fosse algo concreto
Obrigaria outra indagação
Não seria o planeta Terra
Uma gigantesca nação?
Onde cada ser humano
Seria um legítimo cidadão?
E por que há entre os povos
Tão severa acepção?
Europeus e africanos
Com intransponível separação
Asiáticos e americanos
Genética competição
A cultura e o idioma
A crença e a convenção
Fatos históricos desmentem
A fantasiosa convicção
Se a Terra fosse um país
Governado por um cabeção
Teríamos menos diferenças
E muita aproximação
Haveia uma só cultura
E uma únca legislação
O incesto seria normal
Sem qualquer proibição
Porque toda a raça humana
Teria o mesmo embrião
Uma família universal
Repleta de compreensão
Mas se disserem que somos
Filhos por via de adoção
De Deus não somos parentes
Desaba a justificação
De que tudo emana dele
Como origem e conclusão
Mas o mito se sucumbe
Ao tribunal da razão
Não há crença que resista
À filosófica reflexão
Oiliceg
Enviado por Oiliceg em 15/05/2018
Código do texto: T6337480
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Oiliceg
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 56 anos
135 textos (4929 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/18 00:31)
Oiliceg