Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RESPONSABILIDADE CIVIL NO DIREITO BRASILEIRO EM CORDEL

 




VOU FALAR DO OBJETIVO
QUE É A REPARAÇÃO
A RESPONSABILIDADE CIVIL
OFERECE CONDIÇÃO
SE O BEM JURÍDICO DA VITIMA
SOFREU ALGUMA REDUÇÃO

VOU EXPLICAR DIREITO
PARA QUE NÃO HAJA ENGANO
SÓ EXISTE INDENIZAÇÃO
SE HOUVER O DANO
QUEM OBSERVA A LEI
NÃO ENTRA PELO CANO

O DANO PODE SER
UM DANO MATERIAL
E TAMBÉM SE APRESENTA
NA FORMA IMATERIAL
É APURADA A CULPA
EM ÂMBITO JURISDICIONAL

QUANDO UM DEVER JURÍDICO
SOFRE VIOLAÇÃO
NÃO IMPORTA SE É LÍCITA
A ATITUDE EM AÇÃO
TAMBÉM A ILICITUDE
CONSTA NA LEGISLAÇÃO

CAVALIERI ANOTA
COM MUITA PROPRIEDADE
 ATO JURÍDICO É FATO
DE CIVIL RESPONSABILIDADE
E QUE SEJA RELEVANTE
PARA A SOCIEDADE

PODEM SER NATURAIS
DITADOS PELA NATUREZA
NASCIMENTO, MORTE
TEMPESTADE, CORRENTEZA
FORÇAS ALHEIA AO HOMEM
COM AS QUAIS NÃO TEM DESTREZA


PODEM SER VOLUNTÁRIOS
É A CONCEPÇÃO
SE UMA ATITUDE HUMANA
PROVOCOU A SITUAÇÃO
PROVOCOU UM DANO
VAI TER RESPONSABILIZAÇÃO

TAMBÉM PODEM SER LÍCITOS
ESTAR EM CONFORMIDADE
COM A LETRA DA LEI
EFEITOS DA LEGALIDADE
ARTIGO 186
DO CÓDIGO EM VALIDADE

OS ILÍCITOS SÃO AQUELES
QUE ANDAM NA CONTRAMÃO
DO ORDENAMENTO JURÍDICO
CRIANDO A OBRIGAÇÃO
DE REPARAR OS DANOS
CONSULTE A LEGISLAÇÃO

RESPONSABILIZA-SE PELO DANO
TAMBÉM PELA OMISSÃO
NEGLIGENCIA OU IMPRUDÊNCIA
FERE A CONSTITUIÇÃO
E EM NOSSO CPC
TEMOS A ANOTAÇÃO

VEM DO LATIM “RESPONDERE”
 O TERMO RESPONSABILIDADE
SE ALGUÉM CAUSA UM DANO
TEM A OBRIGATORIEDADE
DE REPARAR O DANO
PARA A NOSSA SOCIEDADE

BITTAR, DIZ QUE A REPARAÇÃO
TEM A FINALIDADE
DE TRAZER UM EQUILÍBRIO
VOLTANDO A ANTERIORIDADE
RESSARCINDO A PARTE LESADA
VOLTANDO À NORMALIDADE

SAN THIAGO DANTAS
REVELA A SUA OPINIÃO
DIZ QUE A ORDEM JURÍDICA
É PARA DAR PROTEÇÃO
PROTEGER O LÍCITO
AO ILÍCITO, REPRESSÃO

AS CONDUTAS HUMANAS
PROVÉM DE UM FAZER
UMA AÇÃO VOLUNTÁRIA
EM QUE PODE COMETER
UM DANO A OUTREM
ISTO PODE OCORRER

DIFERENTE DA OMISSÃO
QUE É CARACTERIZADA
PELA INÉRCIA DE AÇÃO
PREFERE FICAR PARADA
NÃO ENFRENTA O PERIGO
PREFERE NÃO FAZER NADA

SE QUEM CAUSA UM DANO
É PESSOA IMPUTÁVEL
QUANDO COMETE O ATO
ESTEJA FIRME E SAUDÁVEL
TEM QUE REPARAR OS DANOS
JÁ QUE É RESPONSÁVEL

PESSOAS INIMPUTÁVEIS
SÃO OS MENORES DE IDADE
CUJA LEI JÁ DISPÕE
DE SUA INCAPACIDADE
O ESTATUTO DA CRIANÇA
ESTÁ EM CONFORMIDADE

TAMBÉM É INIMPUTÁVEL
E TEM PREVISÃO LEGAL
A PESSOA COM PROBLEMAS
DE SAÚDE MENTAL
NÃO PODE RESPONDER
TEM AMPARO SOCIAL

A NORMA JURÍDICA DIZ
 A CULPA DEVE SER APURADA
CONTUDO PELA VITIMA
DEVE SER PROVADA
PARA REPARAR OS DANOS
E SER INDENIZADA

O CDC DIZ QUE O CONSUMIDOR
É HIPOSSUFICIENTE
TAMBÉM NOS CASOS
COM RISCOS IMINENTES
DE LIVRAR -SE DE AGRESSÃO
OU PERIGOS EVIDENTES

NESTES CASOS A LEI
TRAZ O ENTENDIMENTO
NÃO HÁ REPARAÇÃO
CONSTA NO DOCUMENTO
QUE REGISTRA AS NOSSAS LEIS
DEPOIS DÁ O PROVIMENTO


SE HOUVER DANO
TEM QUE HAVER REPARAÇÃO
SEM HAVER DANO
NÃO HÁ OBRIGAÇÃO
GRAVE EM SUA MENTE
ESTA INFORMAÇÃO

OS DANOS ESTÃO PREVISTOS
NO CÓDIGO PROCESSUAL
TEM O DANO MATERIAL
QUE É FÁCIL DE APRENDER
E O IMATERIAL
VOCÊ PODE ENTENDER

COMPREENDEM O ASPECTO FÍSICO
OS DANOS MATERIAIS
AGRESSÕES A PESSOAS
OU PATRIMONIAIS
JÁ A HONRA E LIBERDADE
SÃO DANOS IMATERIAIS

SOBRE DANOS APRENDEMOS
COISAS BEM INTERESSANTES
TAMBÉM HÁ REPARAÇÃO
PARA OS LUCROS CESSANTES
CALCULA-SE OS VALORES
PERDIDOS, OS MONTANTES

DOU O EXEMPLO DE UM TAXI
QUE ALÉM DA REPARAÇÃO
CALCULAR-SE-Á OS DIAS PARADOS
E A MULTIPLICAÇÃO
5 VEZES O VALOR DO LUCRO
   DIAS DE  PARALIZAÇÃO

PARA QUE AS PESSOAS
NÃO SEJAM NEGLIGENTES
O CPC PREVÊ
SOBRE OS DANOS EMERGENTES
EM ACIDENTE DE TRÂNSITO
AÇÕES MAIS INTELIGENTES

ASSIM O INDIVIDUO
QUE FOI O CAUSADOR
REPARA O SEU DANO
E O ESTADO ANTERIOR
VOLTA À NORMALIDADE
EM CLIMA DE PAZ E AMOR


A RESPONSABILIDADE CIVIL
PODE SER OBJETIVA
QUANDO OCORRE RISCO
E NÃO DEIXA À DERIVA
A LEI GARANTE O DIREITO
E A POPULAÇÃO NÃO SE PRIVA

SE UMA DESCARGA ELÉTRICA
QUEIMA SUA GELADEIRA
A COMPANHIA VAI PAGAR
SEM ALARDE, DE PRIMEIRA
POIS ELA OFERECE OS RISCOS
A PREMISSA É VERDADEIRA

O CDC AMPARA
PROTEGE O CONSUMIDOR
DA VULNERABILIDADE
E AGREGA MAIS VALOR
REVERTE O ÔNUS DA PROVA
PARA O FORNECEDOR





A RESPONSABILIDADE SUBJETIVA
APRESENTA OUTRA VISÃO
TEM QUE COMPROVAR O DANO
PARA HAVER INDENIZAÇÃO
MUITAS VEZES PROVOCADO
POR NEGLIGÊNCIA OU OMISSÃO

AMIGOS DEI UM PASSEIO
PELAS RESPONSABILIDADES
AQUI MINHA INTENÇÃO
FOI TRAZER SUAVIDADE
COM A FORÇA DA POESIA
ESTUDE COM INTENSIDADE!














Sírlia Lima
Enviado por Sírlia Lima em 10/06/2018
Reeditado em 15/06/2018
Código do texto: T6360530
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sírlia Lima
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 51 anos
316 textos (171106 leituras)
1 e-livros (272 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/18 10:49)
Sírlia Lima