Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FAÇA SUA PARTE

Quando a chuva vem, alaga
Ruas, becos e avenidas
Muitas vezes porque existem
Galerias entupidas.
Irresponsabilidade
De quem produz na cidade
Imundícies indevidas!
.
Por vezes atribuídas
Ao Poder Municipal,
Inundações podem vir
De uma prática imoral:
Descartar de qualquer jeito
Todo tipo de rejeito
Em um impróprio local.
.
Um alerta ao pessoal
Que cultiva a porcaria:
Sofá, guarda-roupa, cama,
Geladeira, velharia
Prejudicam a drenagem.
Uma baita sacanagem
É largar em qualquer via!
.
Não tem muita serventia
O trabalho consistente
Na retirada de entulho
Se vai um porco, indecente,
Colocar lixo de novo
E depois dizer que o povo
Sofre com a dor da enchente.
.
Seja um pouco consciente!
Sua colaboração
Garanto que é requisito
Pra fazer reclamação.
Cuide bem de seu lugar,
Assim posso lhe chamar,
Com prazer, de cidadão!
Jerson Brito
Enviado por Jerson Brito em 22/01/2019
Reeditado em 23/01/2019
Código do texto: T6556922
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Jerson Brito
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 46 anos
1739 textos (187019 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/01/20 18:26)
Jerson Brito