Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu Insisto, Eu Persisto, Eu Não Desisto

Quando eu batalho todo dia
E vou à luta com fé
Quando eu sigo por essa via
E na minha vida eu invisto
Quando quero chegar ao destino
E nunca fico sem tino
Eu insisto, eu persisto, eu não desisto.

Enquanto tenho forças pra levantar
E posso ficar em pé
Enquanto meus fardos posso carregar
E tenho pique pra fazer isto
Enquanto tenho forças nas pernas
E posso fazer as coisas externas
Eu insisto, eu persisto, eu não desisto.

Se ainda posso ter bons sonhos
E posso ter objetivos
Se ainda não me cansam os enfadonhos
E posso sair do meu aprisco
Se ainda enfrento a lida diária
E não me pesa a faixa etária
Eu insisto, eu persisto, eu não desisto.

Assim eu encaro todo o roçado
E trabalho sem preguiça
Assim eu não me sinto cansado
E meu pagamento eu conquisto
Assim eu arregaço as mangas
E não fico a chorar as pitangas
Eu insisto, eu persisto, eu não desisto.

Então encaro os meus fantasmas
E escalo inúmeros obstáculos
Então torno as noites mais calmas
E aprendo a lidar com o imprevisto
Então enfrento o inverno rigoroso
E não me detêm o dia chuvoso
Eu insisto, eu persisto, eu não desisto.

E vou enfrentando os problemas
Entrando no ringue
E vou encarando de frente os dilemas
Confiando em Jesus Cristo
E vou resolvendo as crises do convívio
Buscando para as dores o alívio
Eu insisto, eu persisto, eu não desisto.

Um dia me devora o dragão
Ou sou engolido pela baleia
Um dia sou comido pelo leão
Ou nem sequer eu existo
Um dia o monstro é o meu mundo
Ou do meu lado está o diabo imundo
Eu insisto, eu persisto, eu não desisto.

Enfim diante das injustiças tantas
E das violências mil
Enfim diante das maldições quantas
E de tanto mal que assisto
Enfim diante das desigualdades
E de muitas crueldades
Eu insisto, eu persisto, eu não desisto.

Aqui quero deixar este proclama
E reafirmar este meu lema
Aqui quero escrever o meu programa
E fazer o meu registro
Aqui quero deixar muito bem escrito
E frisar que isto não é restrito
Eu insisto, eu persisto, eu não desisto.

Mas se alguém ainda quiser duvidar
Ou não for o bastante minha voz
Mas se esclarecimento eu tiver a dar
Ou por algo eu for mal quisto
Mas se não quiserem me compreender
Ou se no entanto ninguém me receber
Eu insisto, eu persisto, eu não desisto.

Portanto se quiser me assustar a morte
E a doença me fizer sofrer
Portanto se me faltar a querida sorte
E me invadir um cisto
Portanto se muita coisa der errada
E meu carro ficar na estrada
Eu insisto, eu persisto, eu não desisto.

Aberio Christe
Aberio Christe
Enviado por Aberio Christe em 18/10/2019
Código do texto: T6772676
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Aberio Christe
São Paulo - São Paulo - Brasil
94 textos (5230 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/20 11:48)
Aberio Christe