Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

               NO CAMINHAR DOS RETIRANTES


Com saudosismo a versejar

Pelos trilhos da inspiração
Nos sertões posso encontrar
Sentimentos vindos do coração
O conhecimento a iluminar
Vento soprando na imensidão
 
São estrelas cadentes em pleno luar
Brilhos singelos de uma saudade
Nos horizontes sinceros do poetizar
A nobreza que reflete a sinceridade
Com São Francisco a abençoar
Com olhar sereno da fraternidade
 
São raízes intensas de uma verdade
Referenciadas pelo Sagrado Coração
Em Crato e Juazeiro, a religiosidade
Histórias marcantes de uma devoção
Nobre essência de uma poeticidade
Abençoadas por Padre Cícero Romão
 
Relembrando o caminhar dos retirantes
E a fé expressiva das romarias
Como pássaro livre e viajante
Encontrando sentido na sabedoria
Em São Vicente orava confiante
Intensos pai-nossos e ave-marias
  
Na rotina do apanhar do algodão
E no corte da palma forrageira
No forte recitar de uma oração
Na preciosa rotina de uma doceira
No ordenhar de cada manhã
No chá oferecido de erva-cidreira
 
No fogão de lenha a cozinhar
O doce de jerimum com dedicação
Na leitura feita com intenso olhar
No compreender de cada conotação
Nos cantos dos pássaros a apreciar
Raízes intensas de cada sertão
 
Apreciando o cantar dos cardeais
Doces recordações e sentimentos
Devoções e terços são essenciais
Meditando a Oração de São Bento
Lendo os folhetos de missas dominicais
Refletindo lentamente cada fragmento
 
Flores sertanejas nunca esquecidas
Debaixo da sombra da pitombeira
Ervas medicinais sempre reconhecidas
Nobres crenças de uma benzedeira
Misticidade que é oferecida
Singelo olhar de uma romeira



 



OBSERVAÇÃO:
A pintura é do artista plástico pernambucano "Jason Ribeiro".

 

HOMENAGENS:
- A beata Maria Magdalena do Espírito Santo de Araújo (Em memória) a conhecida beata do milagre da hóstia de Juazeiro do Norte-CE, eterna bonequeira de pano nordestina;

- As camponesas, agricultoras, religiosas e eternas integrantes do “Sagrado Coração de Jesus”:
- Antônia Vicentina de Araújo (Toinha Vicentina, em memória);
- Ginaldi Maria de Araújo (Nen Araújo, em memória);
- Maria da Saúde de Araújo (Mãe Zuza, em memória);
- Djanira Ferreira de Araújo (Mãe Nirinha, em memória)
 
- Ao Padre Luís Farias Torres (Em memória) e a todos os alemães que ajudaram e apoiaram o sacerdote em todos os seus projetos sociais ao longo de sua vida. Como também os diferentes projetos ambientais financiados pela Alemanha em diferentes regiões brasileiras;


- A Madre Feitosa (Madre Maria Carmelina Feitosa, em memória), religiosa, pedagoga e intelectual cearense, fundadora do Colégio Pequeno Príncipe no Crato;
 
- Ao Padre Antônio Maria, padre admirado pelas irmãs religiosas Araújo, especialmente por Toinha Vicentina;
 
- A Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) e a todos irmãos missionários vicentinos dedicados ao trabalho cristão de Caridade pelo mundo;
 
- A Ordem do Santíssimo Salvador de Santa Brígida e a todos os missionários brigidinos.   

- A Ordem de São Francisco, Ordem dos Franciscanos ou Ordem dos Frades Menores pelo belíssimo trabalho missionário que realizam;

 - A Ordem de São Bento ou Ordem Beneditina, nesse dia de São Bento,  a mais antiga ordem religiosa católica de clausura monástica, pelo importante trabalho missionário realizado. 
Marcos Antônio Lenes de Araújo
Enviado por Marcos Antônio Lenes de Araújo em 11/07/2020
Reeditado em 11/07/2020
Código do texto: T7003040
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Marcos Antônio Lenes de Araújo
Maceió - Alagoas - Brasil
254 textos (120828 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 18:15)

Site do Escritor