Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O POSSÍVEL


     Quando ainda não conseguimos conscientemente separar o que nos é possível do impossível, devido o devaneio da nossa  mente, galgamos as mais altas torres  e viajamos  às estrelas criando em nossa cabeça, objetos  e veículos capazes de satisfazer tal empresa.
     Nossa mente ainda ilusória torna possível o que  até então não foi tentado .
     Porém, quando nos deparamos com uma falha em qualquer um dos objetos criados para a empreitada, paramos a louca e cega corrida e procuramos a razão.
     Neste momento começamos a sentir que nem tudo ainda é possível como se imaginava. Começamos a refletir sobre o problema surgido.   Surge dentro de nós o processo que poderíamos chamar de destruição para uma nova caminhada.
     Então passamos a dar o devido valor às dificuldades. Nossa mente antes sequiosa passa a ser comedida. Onde tudo parecia ser possível, passa a análise. Uma análise reflexiva. Vamos destruindo tudo então outrora pensado que não  seja possível e lógico.
    Procuramos através do estudo, algo concreto que possa preencher os espaços que ficaram vazios.  Quanto mais aprendemos, julgamos menos saber. Sabendo, porém que agora estamos aprendendo algo concreto,  palpável e não uma abstração como outrora.
     Passamos então a trilhar um caminho, enquanto o amadurecimento se processa. Vamos deixando para traz a imaturidade,  desagregamo-nos de valores e idéias falidas que já há muito obstruíam nosso caminho rumo ao conhecimento.
     O homem de outrora quase irresponsável pela ignorância, passa a dar o justo valor ao conhecimento, saindo, assim, do que se poderia chamar de  eterna infância.




VEM-03/03/71-


Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 14/07/2008
Reeditado em 09/07/2009
Código do texto: T1080454

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (122096 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/03/21 07:33)
Vanderleis Maia