Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Paixão por Bandido

Acabei de ler Memorial de Maria Moura. No passado foi minissérie na Globo. Já havia visto, mas nada como ler as páginas tão caprichosamente escritas.

Mas falava eu da paixão por bandido. Durante a leitura do livro, desenvolve-se uma paixão por Maria Moura e Duarte que se fica torcendo para que nada de mal lhes aconteça. E depois, terminada a leitura fica a saudade. Dá vontade de continuar lento eternamente, ficar imaginando a continuação da história...

Isto já aconteceu com diversos outros livros – sempre que há um bandido carismático, torço por ele, apaixono-me por ele e fico torcendo para que vença sempre suas batalhas.

Fico pensando se não nos apaixonamos também por outros bandidos, aqueles que roubam coração, alma e pensamento. Aqueles que entram em nossa história, causam verdadeiros estragos e depois vão embora, deixando, por vezes uma saudade sem fim.

Sem misturar literatura com cotidiano, penso que os livros nos mostram quão suscetíveis são nossas mentes, prontas a torcer pelo bandido, mesmo que ele nos roube o coração.





Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 14/01/2009
Código do texto: T1384388
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
1436 textos (75145 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/07/19 21:19)
Fátima Batista