Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
MINHA MÃE,MARGARIDAS E BORBOLETAS AZUIS...
Lembro-me perfeitamente de minha mãe sorrindo nas manhãs de primavera... Feliz da vida eu corria entre as margaridas sem saber que o tempo "voava"... E por falar em voar,as borboletas azuis estavam sempre presentes no jardim lá de casa... Quantas vezes tentei pegá-las com as mãos!.. Parecia fácil,também pudera,eu tinha a mania de querer abraçar até o arco-íris... O fato é que o inexorável tempo passou. O jardim foi desfeito. E o sorriso de minha mãe permanece apenas no retrato esmaecido. Hoje quando vejo margaridas uma saudade imensa toma conta de mim... Elas me fazem recordar momentos felizes de minha infância. E as borboletas azuis? Nunca mais...
Gladston Salles
Enviado por Gladston Salles em 13/05/2006
Reeditado em 23/10/2017
Código do texto: T155456
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link gladstonsalles.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Gladston Salles
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
117 textos (36883 leituras)
2 e-livros (339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 13:26)

Site do Escritor