QUANDO QUASE NADA SE PODE FAZER


Nos últimos tempos parece que em todos os sentidos, em todos os setores da vida o mundo mudou a humanidade ficou apática diante de tantos acontecimentos que antigamente poucos tomavam conhecimento ainda que tenham sempre existido, infelizmente.

Parece que se perdeu a sensibilidade, o senso de solidariedade, de justiça, um desamor total como se não existíssemos no mesmo planeta, como se simplesmente estivéssemos vivos não mais que isso. É como se tivéssemos nos tornando ZUMBÍS, sem força, sem vontade .

Acontecimentos terríveis um atrás de outro e mais outro e outro, cada um pior e de maior gravidade em todos os setores da vida e até muitos sem a solução o que nos revolta por não ter como fazer quase nada, ainda que nos manifestemos indignados.

São crimes hediondos de toda sorte, contra especialmente mulheres e crianças são instituições que são criadas para fiscalizar e solucionar problemas, promover a paz, no entanto muitas das vezes é exatamente daí que partem os pontos mais negativos, para não dizer algo mais desagradável, mas assustador. E o que fazer, se a cada dia surgem mais e mais atos escabrosos? Se a cada dia aparecem monstros estupradores como se enlouquecidos que até conseguem enganar aos que os julgam e os põe atrás das grades para receberem o castigo a punição pelos crimes, no entanto, quando premiados com o que lhes parece de direito, pois, é o que rege os DIREITOS HUMANOS, segundo as leis brasileiras, prosseguem com as barbáries como se sequer fossem humanos.

Nos tempos de hoje, infelizmente, o que menos o ser humano nos inspira é confiança, que pena! Pior é que as leis caducam especialmente as referentes à justiça e ainda, assim, são as que dizem serem as que terão de ser seguidas.

É uma opinião que sei não passará disso, mas creio que se houvesse no País, ao menos PRISÃO PERPÉTUA tantos crimes hediondos não ficariam impunes ou até pensariam muitas vezes antes de os cometerem assim como na política se houvesse ética, transparência, certamente a tal ficha limpa teria algum efeito, mas desconfio que seja mais uma mistura que acabará em PIZZA, tomara que eu e muitos brasileiros não estejamos enganados, afinal eles dependem de nós para chegarem lá e temos que dar um voto de crédito em alguém embora sem confiar em nenhum, mas já que somos obrigados a votar neste País, ou teremos muitos dos nossos direitos negados é como se uma chantagem, ou votamos ou sonegam os poucos direitos que ainda temos. COAÇÃO é isso, votar ou perdermos ainda mais os já resumidos direitos que as leis criadas por eles mesmos e direitos já adquiridos temos.

Pois é, apenas para demonstrar indignação com tantas coisas erradas que somos obrigados a engolir inclusive em ano de eleição, quando somos obrigados a votar em seis candidatos! Eu particularmente não considero votar no Brasil um ato de DEMOCRACIA, já que somos obrigados a fazê-lo.