Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Que Presente de Natal..." =Pequena crônica de tristeza imensa=

 Leio a notícia hoje, dia 23 de dezembro, e tenho vontade de chorar. Mas fico só na vontade. Na garganta, um gosto amargo. No peito, uma dor que dói sem doer a ponto de pedir remédio. No cérebro uma revolta pelas coisas que fico sabendo nessa vida. A notícia é sobre uma menininha, uma bebezinha ainda, de um aninho de idade, que foi ao supermercado com os pais, encostou a mãozinha em um freezer e morreu no ato. Morreu eletrocutada a coitadinha. Morreu porque alguém não cuidou direito da instalação do aparelho perante o qual passam milhares de pessoas por dia.
Que desespero para os pais!! Que tristeza imensa, inenarrável, indescritível,  para toda a família!! Que coisa estúpida e sem sentido...Imagino que a família tenha saído feliz, levando a criança com todo o carinho e cuidados, para fazer as compras para a ceia de Natal e voltou com um pobre cadaverzinho nos braços. Tenho vontade de chorar. Mas fico só na vontade. Na garganta um gosto cada vez mais amargo. No peito uma dor que dói cada vez mais a cada vez que me lembro da notícia lida.
Dentro de algum tempo sairá um laudo a respeito do incidente. Apurarão a culpa pela tragédia. Será conhecido o veredito de “homicídio culposo”. Alguém terá alguns aborrecimentos. Talvez algum prejuízo. E dentro de mais algum tempo não se falará mais nisso. A não ser na família da nenê que encostou no freezer e morreu. Escrevo sobre essa notícia e tenho vontade de chorar.
Fernando Brandi
Enviado por Fernando Brandi em 24/12/2010
Código do texto: T2689039

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Fernando Brandi
São Paulo - São Paulo - Brasil, 74 anos
1392 textos (241985 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/05/21 03:20)
Fernando Brandi