Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" TENTAÇÃO "

         Mulher, esquece por momentos teu homem. Teu coti-
diano, teu lar. Vem provar delícias. Saciar tuas ânsias  e
volúpias de fêmea fogosa. Naufragar. Afogar teu beijo   no
meu. Desencadear tempestades. Louca; deixa-me lamber   tua
nuca, seios, coxas. Deixa-me sussurrar segredos e malícias,
inundá-la de beijos no mais doce   torpor. Serpentear meus dedos nas costas lentamente formando círculos. Vem  não te-
mas.Abandona-te nos lençóis. Mostra-me tua alma, teu corpo,
você. Esquece tua triste vida. Infortúnios e medos. Esquece
o tempo. Aqui ele passa devagar. " O tempo não pára ". "Não
há nada como o tempo para passar ". Vem triste menina,  re-
moçar. A idade importa? Vem menina fazer graça, sorrir. Não
digas nada. Deixe a linguagem dos olhos falar por si. Deixa-me possuí-la. Tomar teu corpo de assalto  lentamente,
inexoravelmente, delicadamente. Levita, vamos voar. Varar o
dia e noite fazendo amor - estilhaçando as vidraças da  ra-
zão. Vem, mostra-me tuas ancas. Mistura teu sexo ao meu,do-
ce simbiose. Vem navegar em mar revolto. " Navegar é preci-
so, viver é que não é preciso ". Vem lava de vulcão, deixe-
se levar por esta corrente voluptuosa. VAmos esplodir nosso
orgasmo de fogo e paixão. Vem tentação soltar essa  pantera
repleta de desejo e tesão...


                            10.03.1990

Poe
Enviado por Poe em 08/02/2007
Reeditado em 09/02/2007
Código do texto: T374077

Comentários

Sobre o autor
Poe
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 72 anos
483 textos (19445 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 12:54)