Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nublado

Hoje o céu estava nublado. Não, hoje as nuvens estavam escuras porque céu traz idéia de alegria e o dia hoje estava melancólico com andorinhas molhadas nos fios dos postes chorando pela ausência de um céu azul. Poças d'água na rua e a velhinha de sempre com sua sombrinha cor de abóbora, agarrada às suas sacolas plásticas, equilibrando na ponta do nariz seus pesados óculos, pisando com cuidado, parecendo uma lebre frágil e indefesa rodeada por predadores que, neste caso, eram os carros que corriam apressados querendo atropelá-la.
Todos os dias parece que as mesmas pessoas andam por essas mesmas ruas, sempre no mesmo ritmo, no mesmo compasso, na mesma direção, pros mesmo lugares, pra fazer as mesmas coisas, sempre do mesmo modo. Os velhos, as meninas, as madames, os mendigos. Por falar em mendigos, hoje cedo me vi em pé ao lado de um. Estávamos sob a cobertura de um ponto de ônibus aguardando o chuvisco passar. Ele conversava - quase um monólogo - com uma moça que também estava ali ao lado. Falava num tom grave e firme, gesticulando, arregalando os olhos como se estivesse revelando os grandes mistérios da humanidade. Como se sabe, é comum bêbados e mengidos de vez em quando agirem como profetas, filósofos, coisas desse tipo. E este aproveitou a chuva para fazer algumas revelações. Dizia, entre outras coisas, que na antiguidade havia muitos homens altos, em torno de cinco metros, que construiram as pirêmides do Egito. Homens gigantes também lutaram contra os dinossauros e protegiam os de baixa estatura dos animais e da chuva, levando-os em seus braços para as cavernas. Disse que no Egito antigo já havia computador, bronzeador, protetor solar e as mulheres bebiam caldo de rã pra melhorar a pele. Ele olhava pros pingos d'água caindo em nossos pés e dizia que tudo aquilo era muito bom porque o homem viera da água e, por isso, não podíamos reclamar da chuva. Acho que ele estava um pouco confuso em alguns aspectos. Mas isso não me importou. O importante foi que naquele dia, diferentemente de tantos outros, alguém tinha quebrado toda uma rotina urbana de plena segunda feira com engarrafamento e chuva. Foi engraçado chegar molhado no trabalhado imaginando dinossauros, homens de cinco metros e sopa de rã.
Josué Mendonça
Enviado por Josué Mendonça em 15/03/2007
Código do texto: T413081

Comentários

Sobre o autor
Josué Mendonça
Salvador - Bahia - Brasil, 40 anos
52 textos (2534 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 10:50)