Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DONA ROSA

MENSAGEM DE NATAL 2012 - DIRIGIDA AOS COLEGAS DO TA SANTOS - TRANSPETRO

Lembro-me do dia 28 de Setembro de 2007. Foi a primeira vez que pisei neste Terminal e a primeira pessoa que conheci foi a dona Rosa Moretti...alguns mais afortunados (por conviverem por mais tempo com ela do que eu), chamam-na de Rosinha, mas eu ainda mantenho a formalidade de "dona" Rosa. Telegrama na mão, avisei que estava ali para um exame médico e ela mandou esperar um instante. Com a sua experiência de vida, percebeu que eu estava meio nervoso, inquieto e eu confirmei...então ela me disse duas frases que guardo até hoje em meu coração:

"Não se preocupe. Vai dar tudo certo."

Assim mesmo, duas frases quebradas pela silêncio de alguns milissegundos e proferidas com absoluta tranquilidade. Depois dela, conheci a Ângela, a Marília, o Henrique e o Dr. Fernando - todos do ASAO - nesta ordem cronológica. Era uma sexta-feira nublada e morna, uma tarde cheia de tons de cinza no céu da Alemoa que não consigo esquecer, pois a 1ª vez a gente nunca esquece...

Passados 5 anos, tive a felicidade de conhecer muito mais pessoas além daquelas 5 primeiras, convivido e trabalhado ao lado de cada uma delas. Tudo bem, nem todos são amigos mas, na essência, somos todos colegas, porque o barco é o mesmo...aprendemos a gostar de cada um, a seu modo e maneira: uns no silêncio, outros em alto volume, uns no toque, outros à distância., mas todos com o respeito que merecem, pessoal e profissionalmente falando. Agradeço ao Papai do Céu pela vida de cada um e pela oportunidade da convivência nestes 63 meses, não só do TA Santos, mas de todos os lugares do Sistema em que já pude passar.

Por isso, quero deixar uma mensagem de Natal para cada um de vocês, extensivo ás suas famílias, com um texto que fala de lutas e vitórias (as tempestades sempre passam) e também, roubando descaradamente a frase da dona Rosa pois, se o seu Natal/Ano Novo não estiver prometendo muitas coisas boas, se há inquietude na sua vida como houve na minha naquele 28/09, guarde isso em seu coração:

"Não se preocupe. Vai dar tudo certo."


Obrigado, dona Rosa...até agora tem dado tudo certo!

Abraço a quem de abraço,
beijo a quem de beijo
e quem quiser os dois, que fique à vontade...



LEILÃO DAS ALMAS

                           Marcelo Lopes, 1993
Chove,
na cidade de ontem,
gotas de tristeza
em cada nuvem
que paira no
seu ar.

Um peso triste
nos ombros
de cada cidadão;
mas o chumbo do céu
pesa muito mais.

Nuvens,
na vila de hoje,
branqueiam o
firmamento
com um tom cálido
de cimento.

Há pouca saliva
mas muitas lágrimas
pra molhar o chão.

Sol,
na aldeia de amanhã,
ilumina um caminho
de relva e espinho
sob o meu pé.

No seu fim,
há uma cidade
e a fé
no coração
de que o horizonte escuro
é apenas um muro
d’uma tempestade
de verão.




Marcelo Lopes
Téc. Químico de Petróleo Pleno

Terminal Aquaviário de Santos
Laboratório de Controle da Qualidade
Petróleo, Derivados e Biocombustíveis
Tel.: (13) 3014-6335/6336/6337 Rota: 854
Cel.: (13) 9200-7210
marcelojlopes@petrobras.com.br Chave: TDOL
--------------------------------------------------
Rua Dr. Albert Schweitzer, 197 - Alemoa
11095-520 - Santos - SP

Marcelo Lopes
Enviado por Marcelo Lopes em 26/05/2013
Código do texto: T4310241
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Lopes
Guarujá - São Paulo - Brasil, 50 anos
480 textos (47218 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 05:34)
Marcelo Lopes