Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De salto baixo

Rosa Pena
 
 
Morta não escolhe, então resolvi e deixei por escrito em cartório. Corpo cremado, cinzas ao mar. Nada de cravo e aquelas flores que cheiram a cemitério. Rosas cor de rosa. Quando eu morrer, no meu recinto quero a bagunça de sempre, muitas folhas, muitos livros. Folhas rascunhadas, vazias e o livro “Conversas com Almodóvar” aberto na 180 - A flor do meu segredo. Sem essa de purgatório.
 Vou morar no céu da sua boca que ferve como o inferno.
 
*

obs: De Salto Alto : filme de Pedro Almodóvar 1991

 
Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 25/11/2014
Reeditado em 25/11/2014
Código do texto: T5048264
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
987 textos (1585307 leituras)
48 áudios (24863 audições)
33 e-livros (31308 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/19 01:57)
Rosa Pena

Site do Escritor