Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A GRINGA

Gisele foi retocar a sua plástica abdominal.
 Na sala de repouso, uma enfermeira perguntou a uma americana:
-Tudo bem, Lyl?
 Sem resposta, pois a mulher não falava português.
-Lyl, você está sentindo dor?
Silêncio total. Então, a  moça fez mímica.
-Ai, ai! Doooooooor?
-Dor é pain.
-Obrigada, dona Gisele. Lyl, paaaaaain? Paaaaaaain?
-No.
-Como se fala frio em inglês, hein?
-Freezer.
- Lyl, freeeeeezer?
-No.
-Quer fazer xiiiiiixiiiiiiiii?
-I don’t understand. You are striving.
-Credo! O que foi que ela disse?!
-Ela falou que não entendeu e que você é esforçada.
-Nossa! Como a senhora sabe falar inglês!
-Sei mais ou menos. Dá para o gasto”
Nisso, chegou outra enfermeira e a jovem lhe disse, entusiasmada:
-Menina, estou fera no inglês! Conversei à beça com a gringa, que foi toda plastificada, siliconizada e lipoaspirada! Ela falou que sou muuuuuuito esforçada! Olha, minha filha, se o hospital pagasse um cursinho de inglês para mim, ninguém me seguraria neste país.


Anna Célia
Enviado por Anna Célia em 13/05/2015
Código do texto: T5240200
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anna Célia Dias Curtinhas _ http://annacelia.multiply.com/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Célia
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 73 anos
1158 textos (58251 leituras)
1 e-livros (220 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/06/19 17:31)
Anna Célia