Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Nação do Nada"

Era uma vez...( A Estória não é no passado, apenas por convencionamento infanto-psiquico quis começar assim)Um sistema  monárquico, onde impera a voz do rei Nada..tudo o que ele fala não significa nada, é um mero produto de interesses alheios, suas ordens são seguidas pelos seus jovens fiéis, os futuros nada, hoje eles não são nada mas têm certeza de que com indolência e muita televisão, um dia chegarão a ser nadas de fato...e de direito..claro...pois só com o esforço desses grandes promissores fiéis, a Nação do Nada irá naufragar,sim a propósito, este é o grande objetivo, parece um pouco confuso,mas aniquilar a Nação, e qualquer vestígio de cultura de seus antepassados, grandes pensadores de outrora! É esta a grande missão, que será cumprida de maneira orgânica..uma involução natural..saboreada aos poucos.
Um sentimento pátrio forjado recobre os célebres habitantes de Nada,o povo finge que ama o país, mas ninguém derrama uma só gota de suor que não, pelos seus próprios interesses. A cada hino Nacional, crocodilos e cidadãos derramam lágrimas, de crocodilos e cidadãos respectivamente (detesto clichês), Quem é nada, não desiste nunca, brada o povo!O país é rico, mas aqui a maioria esmagadora alimenta-se e sobrevive do nada e têm seus direitos resumidos a nada!Tudo é simulado, os meios de comunicação difundem uma falsa essência, valores decrépitos, são apregoados como corretos, o ar que respiram está repleto de falsas verdades, ou seriam mentiras verdadeiras?Os ensinamentos dos Rebeldes anciões, baseados em livros, na literatura nacional e mundial, estão esvaindo-se... Os bastiões da cultura estão furtados do direito de falar, suas vozes estão sendo abafadas, graças a uma dura repressão do governo Nadense em parceria com uma emissora, tem até jargão Nada e você tudo a ver,o povo Nadense, louva a parceria.
O objetivo do rei Nada, ao lado dos meios de comunicação, está sendo alcançado, os dissidentes, que teimam em falar de livros, de ideologia...estão acabando..não vão mais atingir a próxima geração, paralelamente os jovens estão absorvendo perfeitamente a grande ideologia Nadística, que prega a felicidade e o contentamento com o nada, o aprendizado e a cultura do nada, as guerras pelo nada e a não-oposição a nada!Novas Gerações de escritores, surgem tratando profundamente do Nada(carapuças...), títulos como Harry Nada,faz a cabeça dos descerebrados jovens, no cinema, atropelam-se pra assistir De volta para a terra do nada, na televisão veneram o NNN(Nefasta Nação do Nada), onde um grupo de acéfalos, divertem a população, que não tem nada pra fazer, festas, feriados são utilizados como meio de entorpecer a população, por demais vilipendiosa, Carnadal,das mulatas rebolantes e também das mulatas rebolantes...Ho-Ho Então é Nadal!!(Quem provar que 25 de dezembro é o aniversário de Cristo, atire a  primeira pedra), feriados,não faltam..Existe todo um contexto, perfídico, que embriaga a população, com doses cavalares de Álcool Nadílico.
É assim que corre a eivada nação de Nada, todos imersos num grande nada, nadando, pra lugar nenhum, esperando, sem fazer nada, uma mudança. Nas mentes um rebelde pensamento, alimentam a verve dos doutrinadores de nada, Qualquer coisa é melhor que nada!, e com essa máxima de nada,o intrépido povo de Nada se acalenta,e se enche de esperança,com um futuro repleto deCoisa alguma!(pra não ser redundante)!

Ps: Qualquer semelhança encontrada entre a Nação de Nada e o Brasil, é fruto do seu inconsciente, que não agüenta mais existir dentro de um recipiente oco anexado a um corpo que vive prostando-se em uma poltrona na frente de uma televisão,
idiotização...sistemática.
Thiago Campos
Enviado por Thiago Campos em 26/02/2005
Reeditado em 13/04/2005
Código do texto: T5269
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiago Campos
Recife - Pernambuco - Brasil, 34 anos
5 textos (443 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/01/19 18:49)