Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como explico para minha ansiedade?

Há muita coisa se passando em minha mente no momento. Não sei bem como descrevê-las. Desvendá-las. Tão confuso quanto será organizá-las. O presente parece insuficiente. O passado não é atraente. O futuro, está muito à frente. Lembranças antigas vem à tona quando a atualidade decepciona. Talvez porque à muito tempo momentos não foram vividos pela primeira vez novamente.

Momentos que fazem falta. Que precisam ser repetidos. Mas que estão distantes agora. Não me referindo ao que passou, mas ao que virá. Sou fiel credora de que haverão muitas surpresas nessa jornada. Mas não sou paciente. Acho que já esperei tempo demais, inclusive. Continuo esperançosa, porém cansada. Há tantas coisas que gostaria que já tivessem acontecido. Que imaginei acontecendo. E, até agora, permanecem no pensamento.

Dos meus objetivos eu vou atrás. Eu busco. Procuro. Porém, o que quero no momento é algo que não pode ser encontrado. Te encontra. É algo que chega em momentos de distração, não enquanto estivermos sofrendo por antecipação. Mas como falo isso para minha ansiedade?

Instagram: aquiloqueeununcafalei
Milena Farias
Enviado por Milena Farias em 20/06/2017
Código do texto: T6032508
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Milena Farias
Morro Reuter - Rio Grande do Sul - Brasil, 21 anos
127 textos (4126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 23:42)
Milena Farias