Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACESSIBILIDADE, INSEGURANÇA E PRECONCEITO

Andando pela cidade, quem tem o hábito de pegar transporte coletivo, percebe, por meio do olhar, a grande necessidade que há em investir em plataformas que ajude na locomoção de diferentes NECESSIDADES
 ESPECIAIS (NE).
Para perceber tais Necessidades, é preciso abrir mão do conforto, por algum momento, pegar uma condução e sentir o ar ou ambiente, independente do ponto cardial.
Apenas a intenção em conhecer, embora algo abstrato, se torna uma atitude interessante, pois é a partir desse ato que surgem novas possibilidades.
São Paulo, por  exemplo, é uma cidade, onde existem muitas pessoas com diferentes NE, isto é, Necessidades Especiais, porém não se percebe pelo simples fato de os responsáveis por essas pessoas não levá- los à praça, parques, museus, zoológicos, por causa do preconceito, da insegurança ou mesmo da própria acessibilidade!
A INSEGURANÇA é um problema público e Estatal, precisa ser tratado com seriedade, hoje, pelo governo do PSDB ou SDB, como queiram, partido que ocupa as duas esferas de governo, tanto no âmbito estadual quanto no âmbito municipal, por Geraldo Alckmin e João Doria, respectivamente.

Para uma pessoa de NE, quando em plenas condições psiquicas, precisamos entender que, o fato de ela ser conduzida por alguém, apenas o fato de saber que não depende apenas de si, como é o caso do cadeirante e do Deficiente  Visual, já lhe causa um certo desconforto.
Entender isso é o primeiro passo, o qual devemos problematizar. Não há solução sem problema, mas não se pode retardar o que se pode
prevenir com medidas simples, porém pragmáticas. O descaso governamental, a apática falta de comprometimento dos cidadãos com a melhora da urbanidade são determinantes para o surgimento do preconceito, pois alimentam o distanciamento do deficiente com o mundo!

O papel do cidadão, do Estado e das famílias é incluir, socializar, pois a única forma de vencer o preconceito é encarando- o. Nesse sentido o Estado não pode negligenciar a problemática tratada no parágrafo anterior, pois as famílias, as crianças, os jovens e os adultos, com deficiências ou não, devem ser acolhidos. Precisamos fazer valer nossos impostos, nossas cobranças são cruciais, por isso agradeço desde já a família de LINX BONARDE, o qual nos motivou a escrever sobre NE. Essa pessoa maravilhosa que nos conduz a uma nova reflexão, a qual, com certeza, chegará a página do senhor, governador de São paulo, João Dória!

LINX BONARDE - Você está em nossos corações porque você é a motivação dessa causa. Te amamos!

 INTEGRANTES DO PROJETO:

AILA BRITO, CHARLES LIMA, ESTHER LESSA, FÁBIO BRANDÃO, IOLANDA PINHEIRO, JÔ PESSANHA, JUDD MARRIOTT MENDES, LENA LUSTOSA, LILIAN VARGAS, MIGUEL JACÓ, POETA CARVALHO NETO, ROSA ALVES, ROSILDA TAVARES, REZEILE SELVA NASCTO E TROVADOR DAS ALTEROSAS.

VISITEM A PÁGINA DE LINX BONARDE, SE PUDEREM, PREFIRO QUE COMENTEM NA PÁGINA DELE, DEIXEM APENAS SEUS NOMES AQUI PARA QUE EU POSSA RETRIBUIR COM TODO CARINHO E ATENÇÃO, OBRIGADO, ELIEZER ALVES.



 
Rezeile Selva Nascto
Enviado por Rezeile Selva Nascto em 11/01/2018
Reeditado em 20/01/2018
Código do texto: T6223032
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rezeile Selva Nascto
São Paulo - São Paulo - Brasil
14 textos (1977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/19 16:07)
Rezeile Selva Nascto