Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chão e chuva

O amor é um conceito inexplicável. Como definir este amor que subsiste nos fragmentos eternos de poesia e mais na doce harmonia da música , que resiste aos tempos na gangorra debaixo do sol de cada nova geração, que suporta a morte de entes queridos ao sobreviver mesmo após eles saírem desta vida, que é chama para Vinicius de Moraes e é vento para Érico Verissimo ?

O amor é explicado pelos quatro elementos: terra, fogo, água e ar.

O amor é terra, é chão batido, porquanto é solidez dentro de cada verdadeiro amante. É a batida firme do coração nos momentos de distância, é o pulsar oculto do suspiro aprisionado no peito, é o tremor tênue das mãos ao menor sinal de quem se ama. O amor como terra é o chão para os que se tem paixão. Mas o amor é também o fogo que irradia do olhar insaciável, é o calor que ruboriza rostos apaixonados, que inflama os desejos mais extasiantes. O amor como fogo é o sol dos corpos ardentes e siderais. E quanto a água? Esta explica o amor por seu reflexo reluzente, por sua lucidez quase insensata, por sua flexibilidade aos pecados e transgressões permitidas . O amor como água é a chuva que tudo molha e contorna os corações com seu frescor. Então, a essência que tudo contém, o ar, enfim define o amor, como um poder humano que a todos obrigam ter, que preenche todos os espaços com os encantos da paixão. Sem o ar, nada resiste, nem o fogo que queima nem a água que molha, nem a terra que sustenta. O amor como ar é o vento, soberano e soberbo, provando que não poder vê-lo, não significa que não exista , tal qual o amor verdadeiro, invisível e inerte aos olhos dos outros, mas intenso e portentoso aos olhos dos que se amam. E não pense que um alguém pertença a outro alguém sem a dinastia do amor, porque se sufoca a falta do ar, se afoga o excesso de água, se chamusca o calor do fogo e se oprime o peso da terra, quem de nós dirá que o amor não existe?
Aluísio Solvento
Enviado por Aluísio Solvento em 13/02/2018
Código do texto: T6252871
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar solvento). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluísio Solvento
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
20 textos (202 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/02/18 05:33)
Aluísio Solvento