Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na Média

 



       

 Estou me sentindo despojado de todas as minhas convicções. Sempre pensei estar agindo certo (na medida do possível) na minha maneira simples de ser e viver. Minhas ambições nunca foram além do alcance de uma flecha atirada por um curumim.
             Não batalhei por sucessos ou fortuna, deixei que a vida me levasse para onde estou e estou feliz de ter chegado aqui.  Não sou sadio nem doente, muito pelo contrário. Nem rico nem pobre, nem bonito nem feio. Também não sou um luminar, tampouco iletrado. Estou sempre no meio termo, até nos versos que escrevo que se não são bons, também não são execráveis. Dois filhos (família média brasileira), uma casa tamanho médio, um carro de idade média (não confundir com “da Idade Média”).
            Ia levando a minha vidinha assim, certo que estava meio certo, quando me deparo com um artigo da escritora Sara Westphal, que num texto magnífico ME disse coisas assim: “Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza." Ou seja, sempre estive errado. E AGORA, JOSÉ?

(Notaram que este texto não é longo nem curto demais? Quis postar como HUMOR, mas é meio sério para isso. Ô sina!)


........................................................................................................................Este é o link para o artigo da escritora Sara Westphal. Vale a pena ler.
https://www.pensador.com/frase/MjExMjE/?utm_source=facebook&utm_medium=referral&utm_campaign=Sg_Social
Jota Garcia
Enviado por Jota Garcia em 27/02/2018
Reeditado em 27/11/2018
Código do texto: T6266202
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Jota Garcia
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 83 anos
694 textos (24832 leituras)
7 áudios (368 audições)
1 e-livros (50 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 01:03)
Jota Garcia