Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O assombrado dos dias

Ela olhou o relógio. A noite adentrava com seu nevoeiro. As sombras do quarto formavam vultos de pessoas. Seriam os da vida paralela? Olhou em volta ; o casaco pendurado era só um casaco.  Nada havia além de  sombras. Virou para o lado e viu o luar na janela.
O nevoeiro atrapalhava um pouco mas deu para notar que a lua  sorria. Irreverente , se deliciava  com os  anseios  humanos. Sabia que teria sol no dia seguinte. Assim, ela poderia ir catar coquinhos, chutar o pau da barraca, derramar leite e chorar desgraças, plantar batatas.
Tantas opçoes para o dia seguinte.
Dormiu seu sono medíocre com pílulas da tranquilidade. Para  acordar com suas coisas pequenas. E as achar tão grandiosas como os efeitos  dos seus passos incertos. Procurando cabelo em ovo, seguiria.
A vida é quase  nada  - se pode estar  tudo ok...fica  tão sem graça.
luferretti
Enviado por luferretti em 26/07/2018
Código do texto: T6400571
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
luferretti
Limeira - São Paulo - Brasil
385 textos (14254 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/05/21 04:08)
luferretti