Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Animais em circos.

Há poucos dias assisti a um documentário sobre maus tratos que os animais sofrem, principalmente nos circos. Infelizmente ainda existem pessoas que acreditam piamente que um circo não pode ter “graça” sem animais. Será mesmo que para um circo existir, que para termos alguns momentos de bem estar e alegria outros seres vivos necessitam passar por uma vida inteira de privações e sofrimento? Quando o documentário terminou essa duvida não calou na minha mente.

Felizmente no estado do Rio de Janeiro os espetáculos circenses com animais estão proibidos. Não sei de quando é essa lei, mas fiquei feliz em saber que ela existe. Não é muito mais sensato assistir um espetáculo, que uma pessoa por vontade própria e com total consciência do que está fazendo e dos riscos aos quais está sujeita, preparou? Isso mesmo. Um trapezista sabe o que está fazendo, um equilibrista também. Porém um leão, um elefante, um chimpanzé ou um dócil cachorro não sabem e muito menos entendem o por que de passar por isso. E nem assim deixam de ser obrigados, por inúmeras vezes, vilmente castigados para apresentarem alguns truques para que seus supostos treinadores recebam os aplausos que somente eles conseguem entender.

Alguns podem agora estar achando esse texto muito chato ou sem razão de lógica para continuarem a lê-lo. Mas outros, e tenho certeza que são muitos, o acharão bastante oportuno. E mesmo que aconteça o inverso, ele servirá pelo menos para expressar minha opinião sobre tal assunto. Para aqueles que ainda pensam que não existe nada de mal em ver um leão saltando sobre círculos de fogo ou elefante que sapateia que tal refletir sobre alguns fatos. Realmente não haveria nada de mais se esses fossem atos naturais a esses animais, mas sabemos que não o são. Pois se o fossem não veríamos graça, até porque seriam atos comuns. E como de nada natural existe nisso imaginemos por quanto sofrimento e tortura esses seres passam...

Hoje em dia ficamos horrorizados quando vemos noticias sobre fazendeiros que mantêm trabalhadores sobre regime de escravidão ou quando vemos alguma obra que conta como os negros eram trazidos para as Américas e tratados cruelmente presos por pesadas correntes ou em minúsculos cubículos onde nem ao menos podem andar. Entretanto desconhecemos(?) que alguns animais são retirados de seu habitat natural e tratados da mesma forma ou, por via de regra, de modo muito mais desumano.

Imagine-se nessa situação. Difícil não? Mas vou tentar ajudar. Numa situação hipotética seres de outro planeta vêm a Terra e escolhem alguns exemplares de animais, entre eles escolhem você, para serem levados para um espetáculo no planeta de onde vieram. Privado de sua liberdade, sem entender coisa alguma do que eles lhe dizem e tratado a base de muita porrada, mas muita porrada mesmo, às vezes até por fome você é forçado a passar até que aprenda os truques. Mesmo que não concorde e não goste você tem que fazer tudo que eles lhe obrigam, pois só assim o sofrimento pelo qual você passa irá momentaneamente passar. E dia após dia você tem que passar por essa situação humilhante até que um belo dia você morre, não se sabe se por desgosto ou por causa da carga desumana de castigos ou surras que levava.

E aí, conseguiu se colocar nessa situação? Se sim percebeu como é horrível, mas é por isso que os animais circenses passam. E enquanto aceitarmos circos que utilizam animais nos seus “espetáculos” mais e mais animais irão passar por essa situação. Atualmente temos alguns circos que estão deixando de ter animais nos seus shows e outros que nunca chegaram a tê-los, mas muitos ainda insistem nessa atitude abominável até que eles percebam que essa forma de produzir espetáculos não é mais rentável ou nós nos portamos com mais dignidade e decidirmos agir realmente com mais humanidade.

Firmino Maya
Enviado por Firmino Maya em 06/09/2007
Reeditado em 12/11/2009
Código do texto: T640620
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor, link para o site original da obra.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Firmino Maya
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 41 anos
82 textos (13533 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 20:36)
Firmino Maya