Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Almas peregrinas ---> lembrando Pavarotti

Almas peregrinas.


Perguntar a um homem o que seria sua vida sem momentos de loucura seria o equivalente a pedir silêncio a plateia de um cinema para melhor compreender o que esta escrito nas legendas do filme.

Sentimento homólogo se da quando a perfeição se torna obstinação e o artista perde horas procurando a palavra, cor, movimento de mãos, sentimentos, etc, que combinem com o que sente em seu intimo no momento que transcreve ao papel, tela, madeira, etc, a odisséia cujo fixamento jamais se encerra, pois dentro de si essa palavra inexiste.

Da mesma forma que a verdade colocada às claras de forma rude fere os ouvidos dos "sensíveis", ser classificado como louco deixa de ser novidade àquele que assim opera - pelo contrário - leva a condição de gênio o artífice que faz da vida uma obra de arte inacabada e da morte, passagem simplista da matéria ao estado original das almas peregrinas.


Manoel Cláudio - 07/09/07 - 13:49h


"Penso che una vita per la musica sia una vita spesa bene ed è a questo che mi sono dedicato"

"Penso que uma vida pela musica seja uma vida plena e é a isso que eu me entrego"

Luciano Pavarotti - (1935 - 2007)
Manoel
Enviado por Manoel em 07/09/2007
Reeditado em 09/09/2007
Código do texto: T642682
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel
São Paulo - São Paulo - Brasil
496 textos (19402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 19:19)
Manoel