Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Beleza de verdade

Beleza de verdade


Pedro Coimbra
ppadua@navinet.com.br



Antônio estava pensando sobre o Ego: “ para alguns é expressão natural da personalidade e para outros é o inimigo oculto do ser humano”.
Virou o corpanzil na cama e encostou na pele morena de Iona: “ A aceitação intrínseca de qualquer forma de elogio e criação de um padrão de pensar de acordo com o elogio”.
A mulher deu um longo suspiro e Antônio pensou: “ O Ego atua pela admiração demasiada ao eu devido à talentos e posses adquiridas.”
Antônio abraçou Iona: “ É a expectativa imediata de retorno das ações realizadas”.
Olha quem eu trouxe pra passar o dia com você!!!, sonhou Iona, vendo-se a correr pela grama molhada.
Antônio sentiu-se numa antiga igreja e pensou que o seu choro poderia durar uma noite...
Diga pra mim, Iona, o que é a beleza de verdade.
           Os padrões de beleza física humana tornaram-se produções do mercado de oferta e consumo de produtos e serviços. São usados para obtenção de vantagens ou privilégios antiéticos, geralmente associando a apelos sexistas.
           É imoralidade a exploração de conceitos de beleza humana para interesses de mercado, profissionais e comerciais pessoais e institucionais.
           “O setor midiático vende os padrões de beleza de forma tanto amoral como imoral. A beleza humana, especialmente o corpo da mulher, é tratada como matéria prima de ganhos e lucros de todos os tipos, formas e meios. Tratando-se de um meio de formação de opiniões, fazer cabeças, manipular massas e articular movimentos, já há muito a mídia apropriou-se da beleza humana para todo e qualquer fim de interesses que sejam patrocinados.”
            A beleza de verdade é instrumento dos mais diversos meios e recursos de levar vantagem e se dar bem.
Ione olhava para o horizonte: “Ninguém é menos ou mais feliz em face da beleza física da pessoa amada, mas somos treinados  para casar com a mulher mais bela. É um sistema de múltiplas faces, em que as ações dos diversos setores e aspectos se reforçam entre si. Forma-se um grande caudal, em que se cria uma convergência de pregações de beleza humana vindas das mais diferentes origens e fontes.”
           Ione havia dito pra Antônio que fora no cirurgião plástico: “Há ainda as celebridades que na maioria, fazem da beleza física tanto um meio de sucesso aceitável, como também meios imorais de mistificação ou exploração oportunista ou danosa da beleza. Nesse aspecto estamos, cada vez mais, vendo um vale tudo sem limites, em que a “pessoa aproveitadora, cafajeste ou malvada” está sendo posta como modelo de “pessoa vencedora”.
           O céu estava cheio de estrelas: “ Narcisismo e exibicionismo são perturbações psíquicas. O vale-tudo humano vem de padrões de qualidades e virtudes de personalidade, caráter, temperamento, humor, dignidade, sinceridade, lealdade, sexualidade, moralidade, também cultura, simpatia, espiritualidade. Nos relacionamentos posturas, ações, atitudes, comportamentos, empatia, carisma, são elementos preciosos de interatividade.”
Pensavam, sonhavam e dormiam cada vez mais abraçados.

.





Pedro Coimbra
Enviado por Pedro Coimbra em 11/09/2007
Código do texto: T648233

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Coimbra
Lavras - Minas Gerais - Brasil, 68 anos
18 textos (1297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 02:16)
Pedro Coimbra