Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NAO SOLTO FOGUETES NEM POR UM DECRETO

TENHO DUAS RAZOES PRA  NÃO SOLTAR FOGUETES, EMBORA VOCÊ POSSA TER MUITAS PARA ESPOCAR OS FOGOS.
NO MEU CASO,EIS AI AS MINHAS RAZOES:
QUANDO CRIANÇA , LA NO GRUPO ESCOLAR ONDE ESTUDAVA, VI O SEU JOSE, NOSSO CHEFE DE DISCIPLINA PERDER OS DEDOS DA MAO DIREITA, QUANDO SOLTAVA UM FOGUETE, DURANTE UMA COMEMORAÇÃO.
FOI HORRÍVEL PARA MIM VER AQUELES DEDOS ENEGRECIDOS ESPALHADOS PELO CHÃO DO PATIO DO COLEGIO.
A SEGUNDA RASÃO, FOI DURANTE O PERIODO EM QUE EU SERVI O EXERCITO:
EU ERA O ATACANTE TITULAR DA EQUIPE DA PRIMEIRA COMPANHIA DE FUZILEIROS E NAQUELA TARDE, POR ESTAR MACHUCADO NAO ATUEI, O QUE ME LIVROU DE SER ATINGIDO EM CHEIO POR UM FOGUETE QUE ALGUÉM HAVIA SOLTADO, PROVAVELMENTE O CAPITAO PAIVA, NOSSO COMANDANTE QUE FESTEJAVA ASSIM AS NOSSAS VITORIAS.
O AZAR FOI DO CLAUDIO QUE ME SUBSTITUIU NAQUELA TARDE E TEVE O ROSTO QUEIMADO PELO FOGUETE
ANESIO SILVA
Enviado por ANESIO SILVA em 06/12/2018
Código do texto: T6520423
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANESIO SILVA
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
683 textos (13444 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/18 01:33)