Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IMPOSTOS SATÂNICOS

IMPOSTOS SATÂNICOS

Todos os governos do Brasil adoram o imposto satânico, mas a população odeia. Falamos do CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira). Quem criou esse malfadado imposto já estava planejando algo para o futuro. Nunca vimos tanta ganância num governo só. A letra “P” do imposto que tem significado de provisório, agora passou a permanente. Que maldade gente! O brasileiro entrega ao governo seis meses de seu salário somente em impostos.  Na calada da Madrugada, a CCJ – Comissão de Constituição e Justiça, da Digna Câmara dos Deputados Federais, em Brasília, sob a Relatoria bizarra do Ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, aquele mesmo, do escândalo do caseiro e da quebra do sigilo bancário de contas, no Banco Central, o que levou à sua exoneração do Ministério da Fazenda, aprovou a prorrogação da vigência da CPMF – Contribuição (? Provisória (?) sobre a Movimentação Financeira, nas atuais alíquotas de 0,38 %, até, pelo menos, o ano de 2011. Sugar funcionários e contribuintes e a especialização da gestão financeira do Brasil. Estamos sendo enganados todos os dias pelo PD (Partido dos desumanos) sigla criada agora mesmo. Estão falando na criação da televisão do PT (Partido dos Trabalhadores) e um dos programas favoritos será o “relaxe e goze” com a Ministra Marta Suplicy. Aqui faço uma conotação de um amigo: “Seria o Ex-ministro Médico da Fazenda, Antonio Palocci Especializado em Anestesia? Sinceramente, creio que não, pois se a sua especialidade fosse realmente esta, então, não estaríamos sentindo a terrível dor de bolso, que ora nos acomete, com o arrocho salarial, flagrados por doloridas taxas de juros e pelo confisco, ascendentes, via impostos excessivos”. Estimado Antuérpio Pettersen, no quartel de Abrantes tudo continua como dantes.
O dia passa, as borboletas fazem sua metamorfose, as flores nascem e murcham, exalam se perfume, mas a carniça continua fedendo nos arredores de Brasília. Isso é indignação? Talvez.  O povo não pode usufruir de sua defesa, visto que se levantar a palavra será apelidado de subversivo e criador de casos. Como fomos apelidados na faculdade onde estudávamos. Queremos saber o que será feito, qual a destinação dos milhões de dólares da corrupção? Agora a mania de determinados políticos é culpar a imprensa pelos descasos acontecidos na Câmara, no Senado e no Planalto Central, é uma ignomínia meu Deus. O capítulo V da Constituição Federal diz o seguinte: “Capítulo”: Da Comunicação Social – Art.220 – A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição. São três parágrafos, mas vamos citar somente um: § 2º. – É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística. Querem nos calar, mas não conseguirão. Batalharemos até o fim, mesmo que seja com o sacrifício da própria vida. Chega de sofrimento, violência, transtornos políticos e quando a panela mais ferve o presidente vai a Europa passear e gastar os dólares suados do País que aprendemos a amar. Insiro aqui outra conotação de um amigo: “Novamente, creio que não, pois, se assim o fosse, nasceria desta experiência natalícia, operada no gabinete do Ministério da Fazenda Pública da União, algo menos parecido com o Monstro Frankstein, que, no momento se tem, na Sala dos Recém-nascidos da Estabilidade, na economia brasileira referindo a condição do ex-ministro Palocci. Ele voltou: CCJ (Conselho de Constituição e Justiça) aprova prorrogação da CPMF. Existem na vida social determinado tipos de inquietação que permanecem estanques, conosco, de vez que o espírito de compreensão e tolerância não nos permite exteriorizá-los. A pessoa querida em caminhos indesejáveis, o amigo que se entregou a costumes infelizes. O irmão que nos mente, a fim de alcançar objetivos escusos e o governo e determinados políticos que nos sugam são verdadeiros vampirizadores. Podemos e devemos esposar a nossa iniciação, no aprimoramento para a Vida Superior e Digna, começando a ser bons.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES – MEMBRO DA ACI E ACADÊMICO DA ALOMERCE


Paivinhajornalista
Enviado por Paivinhajornalista em 14/09/2007
Código do texto: T652184
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paivinhajornalista
Fortaleza - Ceará - Brasil
2269 textos (830981 leituras)
1 e-livros (164 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 20:34)
Paivinhajornalista