Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um poeta nunca morre

Me afastei. Por instantes. Estive distante de todos os meus ideais, de minhas idéias, dos meus pensamentos. Mergulhei num mundo irreal, de fantasias, de dor. Foi incessante minha caminhada, os ventos sopravam mais fortes, e isto me dava mais dor.
Mas um poeta nunca morre. Sobrevive! Ele glorifica gerações com suas letras, com suas canções. Faz deste mundo, insólito e fugaz, uma martílio de amor, de recantos, de pensamentos tortuosos.
O sábio é aquele que enxerga o mundo com diferentes olhos, vê o que ninguém vê, e com isso se torna único. Invejado. Amado e odiado. Todos vêem a vida com diferentes conotações. Alguns seguem caminhos ásperos, outros se glorificam com suas escolhas. Alguns pensam, outros se cansam. Alguns estendem a mão, outros debocham com soberba das inconstâncias.
O sábio tudo vê, mas não almeja posto, não espera se aproveitar de sua sabedoria, nem do seu poder. Apenas percebe essas empáfias e ardorosas escolhas.

Voltei. Prometo nunca mais ir.
Roger Flores Ceccon
Enviado por Roger Flores Ceccon em 18/09/2007
Código do texto: T658115

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar autoria de Roger Ceccon). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roger Flores Ceccon
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
491 textos (30207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 13:27)
Roger Flores Ceccon