Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

        O mês de abril encerrou-se com um destaque relevante. Foi na cidade de Campo Grande que assisti a fundação da Academia Feminina de Letras e Artes de Mato Grosso do Sul. –AFLAMS. Quarenta Acadêmicas tomaram posse sob a presidência da fundadora, Acadêmica da cadeira número um,  Doutora Delasnieve Daspet.  
        A sessão solene ocorreu no Palácio Guaicurus- Assembleia Legislativa, com um brilho impar. As autoridades representativas de Mato Grosso do Sul formaram a mesa com representantes de entidades culturais, como da Academia Brasileira de Letras. O Hino Nacional e o de Mato Grosso do Sul foram entoados com música ao vivo, executada  por uma pianista. Vários oradores fizeram uso da palavra, de acordo com o chamamento da mestre de cerimônia.
        Na plateia, estavam representantes de muitos estados brasileiros, os quais foram citados com destaque especial. O Rio Grande do Sul foi representado por três Acadêmicas  da Academia Literária Feminina- ALFRS,  fundada em 12 de abril de 1943 e conta com 40 cadeiras e respectivas patronas. Representamos também a Associação Internacional de Poetas/Seccional do Rio Grande do Sul e a Academia de Artes Ciências e Letras Castro Alves/RS.
        Na chegada ao aeroporto, tivemos uma grata surpresa, pois fomos recebidas por novas Acadêmicas que nos presentearam com uma linda tela de pintor mato-grossense. No dia trinta, após a solenidade de posse das quarenta Acadêmicas da AFLAMS, durante o coquetel, fomos homenageadas com uma placa de bronze oferecida pela Prefeitura Municipal de Campo Grande, com destaque de “Visitante Ilustre da Cidade de Campo Grande-MS”. Houve um intercâmbio cultural perfeito. As referidas Academias contam com renomadas escritoras, poetas, artistas plásticas e musicistas.  
        Assim, somos autorizadas a dizer que a mulher está contribuindo com o destaque da Literatura Brasileira, apresentando trabalho qualificado no cenário nacional. Na festa de Campo Grande, percebeu-se que os poderes constituídos manifestaram respeito e admiração pela trajetória exitosa da criação literária. Para lembrar o nome do pássaro símbolo daquele Estado, entre outras informações, apresento algumas palavras poéticas.

Imagem          
 O tuiuiu apontou p’ra mim
Araras coloriram meus olhos
Conversei  com o Pantanal
Voadores armaram  guarda-chuva
Visitei  as belezas alagadas
Fui saudada pelo  bem-te-vi
Borboletas ilustraram a pintura
Escritoras demonstraram sua ternura.
Registro
    Vi um campo grande
com saber largo
 letras vivas espalhadas
a vida correndo encantada
com arte enamorada.
 
Izabel Camargo
Enviado por Izabel Camargo em 24/08/2019
Reeditado em 24/08/2019
Código do texto: T6728259
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Izabel Camargo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 87 anos
508 textos (18512 leituras)
5 áudios (233 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/05/21 20:53)
Izabel Camargo

Site do Escritor