Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"fácil... extremamente fácil”
Rosa Pena
 
Fácil é explicar para as crianças, o desastre de Brumadinho, a queima da Amazônia, a água do planeta acabando, os hospitais não funcionando, escolas fechadas, a fome, as guerras infinitas, a violência generalizada... Extremante fácil.

Já falar de amor?

Muito difícil. O amor ainda é um neologismo, uma gíria e nossas crianças vendo TV, tendo internet, Whatsapp ainda pensam que a cegonha traz o neném. E olhe lá.
As cartilhas levavam a indagação e quem quer ser incomodado na melhor parte da novela em que o personagem fala que é gay? Criança tem que ser ignorante para não ficar chata.
Falar que "qualquer forma de amor vale a pena"é muito difícil.

Agora falar que o amigo morreu de bala perdida é mole. A nociva cartilha foi impedida, mas na saída houve um engarrafamento monstro, pois mataram dois passantes. Mas isso também é fácil explicar.
Falar de amor é necessário coragem. . Ler, questionar desde pequeno leva o adulto a ganhar o mundo.
Mas ganha só o salário e cala boca guri.
"Mundo mundo vasto mundo, se eu me chamasse Raimundo seria uma
rima, não seria uma solução" (grande. Drummond)
Como me chamo Rosa... To ferrada nessa zona que virou meu Brasil.



 
Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 11/09/2019
Reeditado em 12/09/2019
Código do texto: T6742842
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
987 textos (1584488 leituras)
48 áudios (24852 audições)
33 e-livros (31245 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 17:12)
Rosa Pena

Site do Escritor