Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Professora nota 10

Assim, que entendi o que era uma escola e ouvia falar do professor (a). Eu ficava conjecturando, como tudo seria...
O desejo era grande de estudar. Não deixava a minha mãe em paz, com este assunto.
- Porém, não estava ao seu alcance fazê-lo.
- Por sermos muito humildes e de uma família de 10 ( dez) filhos. Não sobrava para pagar uma escola para mim!
- Eu acordava cedo e ficava na janela olhando as outras crianças passarem para a escola com seus uniformes lindos. Punha-me a sonhar e ao mesmo tempo uma tristeza invadia o meu ser. Por quê? Comigo tem que ser assim! Eu tinha 04 (quatro) anos e tinha que esperar até os 07 (sete) anos.
Isso era demais para mim.
- Minha mãe, para minimizar meu sofrimento. Ensinava-me ,
Com o pouco que sabia. Eu era tão dedicada que quando, enfim, cheguei a idade precisa. Já sabia escrever meu nome, da minha mãe e do meu pai. Conhecia o alfabeto , as vogais e as quatros operações.
- Lembro-me, do meu primeiro dia de aula. Confesso que não gostei, justamente porquê eu já sabia algumas coisas. E me apresentaram exercícios que para mim eram bobos.
- Eu  sempre decidida fui logo dizendo que não queria fazer aquelas tarefas chatas que eu já sabia. Pense numa tristeza! Foi quando a professora chamou a direção e fizeram um  teste comigo que passei direto para a primeira série.
- Fui estudar com a professora  Maria da Glória! Ela ficava com os alunos da primeira a quarta série, dava continuidade os que passasse de ano seguia com ela.
- Pense numa professora maravilhosa. Eu a amava , respeitava e fazia tudo conforme ela pedia. Dessa forma, fui até a quarta série com ela. Sempre estava entre os três melhores da turma com as melhores notas. Ela por sua vez, premiava cada um conforme a nota.
- Eu sou grata a Deus porque eu tive a oportunidade de conhecer e conviver com uma professora que para mim foi nota 10. Num tempo de respeito mútuo, aonde a criança valorizava mais o professor. Hoje a criança pode tudo, o professor não pode quase nada e não é valorizado como deveria. Claro que há professores que desagradam também. Ah, e o melhor de tudo é que a minha querida professora da infância ainda vive. Fiquei muito emocionada!





Passando para deixar o meu carinho e parabéns, aos queridos Poetas que são professores. Que Deus abençoe vocês ricamente. Um abraço,

Mary Jun
Mary Jun
Enviado por Mary Jun em 15/10/2019
Reeditado em 15/10/2019
Código do texto: T6770094
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Mary Jun
Recife - Pernambuco - Brasil, 55 anos
841 textos (40707 leituras)
1 e-livros (86 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 17:20)
Mary Jun