Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIRGULINO DO PAPELÃO

Hoje o dia ficou mais,triste,acabei de saber que meu amigo Do carrinho morreu,Não sabia nem o nome dele a vinte e cinco anos o via todos os dias puxando o carrinho que catava papelão pelas ruas.A princípio um trabalhardor  que vivia com uma pensão do INSS que com orgulho ia buscar no banco todo 3 dia util do mês.Homen de fé em Deus e nos guias protetores vinha sempre a minha loja onde comprava velas
que não deixa de acender diariamente para o seu povo;Adeus meu amigo que os anjos dêem paz em teu descanso que os eres de dêem alegria lá na aruanda Ate um dia meu amigo não sei seu verdadeiro nome meu cangaceiro de papelão meu amigo virgúlino.,




ERWIN AGÔSTO 2007-10-03
Eberl
Enviado por Eberl em 04/10/2007
Código do texto: T679991
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eberl
São Paulo - São Paulo - Brasil
26 textos (1707 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 12:23)
Eberl