Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOS BRAÇOS DE MORFEU



Por um prazer pessoal, eu não gosto da noite, este período das 18 horas até a meia-noite. Adoro mesmo é a madrugada e para não perder nenhum lance dela, dos que me são acessíveis, costumo dormir assim que o sol se põe e me levanto quando dá a hora da "onça beber água".

Hoje saí da minha rotina, são 18:32h e eu estou sem sono, mas já me sinto uma estrangeira nesse instante, longe do travesseiro e das cobertas.

Costumo estar de pé assim que a madrugada começa; faço o meu café, às vezes asso uma quitanda, n'algum dia até faxino casa, quando não dá jeito pela tarde e é quando mais escrevo, especialmente poesias: elas me brotam sem parar - fico passando a vida a limpo e disso me surge a inspiração.

Agora vou me permitir curtir um pouco a noite, ver o que vem dela para mim, mas se tudo der certo, amanhã neste horário, quem estará comigo será Morfeu e dele sempre trago boas ideias!
Ene Ribeiro
Enviado por Ene Ribeiro em 10/12/2019
Código do texto: T6815821
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Ene Ribeiro
Goiânia - Goiás - Brasil, 57 anos
18235 textos (293124 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/01/20 12:39)
Ene Ribeiro

Site do Escritor