Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
            
               Já notaram que no cabeçário do blog, logo na primeira página, diz: "No creo en brujas pero que las hay, las hay". Na verdade o que eu disse é mentira!!!??? Chiiii, agora te dei um nó. Até ouvi dizer que para desatar dois nós, seria preciso dois de nós!!!! Voltando ao tema.......na verdade acredito em bruxas, por uma razão muito simples: elas existem!!!! Elas povoam o planeta desde antes do planeta existir!!!!

             Elas sempre existiram. Minha mãe é uma bruxa 5 estrelas.  O problema foi que a igreja católica viu dois grandes perigos, no campo da concorrência por mercado, ou seja, dos fiéis:  mulheres com mais conhecimento no campo das ciências da natureza que  os padres e bispos  e com mais eficiência no campo das curas dos males do corpo. O que se pode fazer para matar a concorrência? Uma das formas é difamar o opositor, tal como dizer que as bruxas se comunicavam com o demônio, que eram máz e comiam as pessoas, que isso, que aquilo...tudo mentira, tudo invenção. O marqueteiro da Igreja era bem melhor que das bruxas.

          Já viram quantas bruxinhas simpáticas, lindas,  vemos no cinema e na televisão. Lembram da Michele Pfeiffer em "As bruxas de Eastwick"? Você se acharia capaz de resistir aos encantos de uma bruxa desse porte?? No way, baby!! Ou então a Feiticieira, uma série da década de 70, com uma bruxinha loirinha que mexia a ponta do nariz e fazia maravilhas!!!!! "Jeannie é um Gênio" podia ser considerada uma bruxa árabe, quem sabe da distante Arábia Saudita. Quem não se lembra da Feiticeira, com aquela máscara maior que o biquini dela?

       Conheço várias bruxas, que por motivos de segurança, minha e delas, não posso revelar, mas garanto que são muitas. Familiares, amigas, parentes, conhecidas,  entre tantas. Algumas delas não se acham bruxas, outras se acham ao extremo. Há aquelas que não queriam porém  são. Poucas delas são e sabem, e fazem questão que todo o planeta saiba. Tem bruxa com cara de anjo e cada anjinho com cara de bruxa que Deus me livre.

       Elas sempre estiveram a frente do seu tempo. Os homens cavalgavam em seus corceis negros, já elas, voavam em vassouras mágicas. Para se proteger do sol e do cancêr de pele, desenvolveram enormes chapéus que cobriam quase todo o corpo do sol fustigante. Viagra!?!?!? Elas já sabiam a fórmula e o vendiam nas feiras como ervas normais. Afinal fazer sexo é uma coisa normal!!! E as bruxas sabem muito bem disso.
  
      Tem bruxas que levam um peso extra: "A bruxa da minha sogra", "A Bruxa está solta", como se presas elas seriam diferentes, "Caça as bruxas", quando as coisas dão errado e assim por diante. Porém há uma palavra em inglês (CHARMED) que faz justiça à elas,  e que se atribui as  caractersticas a seguir. Em inglês, charmed significa enfeitiçado, seduzido, encantado. Para nós, da língua portuguesa, essa mescla de seduções, de deleites chamamos de charme!!!! É isso, elas sabem nos encantar e seduzir, sem precisar usar nenhuma poção mágica, somente um olhar e um sorriso

     
        Que maravilha, 31 de Outubro está quase aí....Dia da Bruxas.

Um beijo enfeitiçado à todas as bruxas e candidatas à ser uma.

     
JOSÉ MIGUEL DELGADO
Enviado por JOSÉ MIGUEL DELGADO em 18/10/2007
Reeditado em 19/10/2007
Código do texto: T700298

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (José Miguel Delgado - www.jmdelgado.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ MIGUEL DELGADO
São Caetano do Sul - São Paulo - Brasil, 57 anos
224 textos (35438 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 13:36)
JOSÉ MIGUEL DELGADO