Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu voto ?

   E novamente estamos nos aproximando de eleições nesse país...
   Novamente, candidatos percorrem ruas atrás de votos úteis, (inúteis?), de pessoas, posteriormente ignoradas. Alijar sua presença do povo, sabemos, é prática comum aos eleitos; Preferem viajar ao exterior, algures, longe dos responsáveis por seu êxito eleitoral, na maioria das vezes, trágico.
   Confesso (sem um pingo de vergonha) jamais ter indicado qualquer político ao sucesso de suas campanhas demasiado defectivas, mentirosas, aliciosas e torpes. Deveras asco é o sentimento por estes senhores da esparrela. Não voto!
   Podem até acusar-me de faltar ao TSE. De fato estou em (cônscio) débito e, sei que no Brasil, cidadão não tem o direito a "não" querer participar desta farça chamada democracia. Então devo! Mas esta dívida me faz livre da insônia, da afasia causada por erro prolixo, da ilusão ao altruísmo quando trata-se destes senhores que pensam exclusivamente em suas rendas dúbias.
   Veja; não faço apologia a essa minha ignomínia. Também não digo que gozo de frutíferas rendas (obviamente lícitas) por não participar deste lupanar eleitoreiro, chamado Brasil. Não estaria sendo honesto com o leitor em afirmar o benemérito pessoal neste caso. Apenas, desejo ser imparcial no erro coletivo e desesperado, por dias melhores, invariávelmente, inviáveis.
Douglas Oliveira
Enviado por Douglas Oliveira em 19/10/2007
Código do texto: T700787
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Douglas Oliveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
32 textos (1622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 16:35)
Douglas Oliveira