Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"1.000 Coisas"

Eu não tenho nada a dizer
E no momento as idéias são muitas,
Mas estão todas entupidas em meu cérebro.

É chato quando se tem 1.000 coisas pra dizer
E nenhuma delas se manifesta.

É como querer balas
Sem ter um revolver para dispará-las,
Ou encher o pulmão e não gritar.

Eu não consigo fugir das coisas que me cercam,
É difícil manter coisas que as pessoas detestam.

Eu quero olhar pro sol,
Mas sei que meus olhos podem se queimar.

Eu ainda quero o calor de volta,
Que um dia me fizeram abandonar.

A vida aqui dentro está gelada
E por isso que meus pensamentos ficam presos.

E todas as vezes que eu tento expulsa-los
Eles travam na garganta e me sufocam.

Então tento empurrá-los para o lugar de onde vieram
E então me deprimo, me desespero,
Por não ter nenhuma chance!

Daí, fico aqui com 1.000 coisas que
Tornam-se inúteis e sem importância.

É como escrever para um analfabeto
Ou querer o errado sem deixar o certo.

Agora tenho uma coisa pra dizer,
Eu odeio viver a vida sem poder...!
ThIaGo RoDdYs
Enviado por ThIaGo RoDdYs em 23/10/2007
Reeditado em 21/05/2009
Código do texto: T706671

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ThIaGo RoDdYs
Duque de Caxias - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
34 textos (1535 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 20:15)
ThIaGo RoDdYs