Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No Japão, em Mahikari

Quando eu vim para o Japão, como eu já escrevi em texto anterior, estava totalmente descrente quanto ao poder da manifestação das coisas espirituais relativas ao povo japonês. Sempre acreditei que tudo o que eles conseguem é relativo ao trabalho e ao esforço em conjunto que eles dedicam no seu dia a dia. Para mim o universo espiritual dava aos homens um poder adicional, mas jamais lhes proporcionaria ganho real relativo as coisas materiais no orbe.

Nunca consegui aceitar a idéia de que as pessoas que manifestam no mundo o poder, o manifestam por um trabalho interno e um merecimento espiritual. Achava que o nosso trabalho espiritual tinha que ser feito pelo nosso futuro, mas que jamais haveria qualquer representatividade em relação ao nosso momento presente. Quando entrei aqui no país, percebi de imediato que o grande trunfo do povo é a humildade, eles são humildes em relação à Deus.

Ontem, visitando um templo maravilhoso de Mahikari, o Hikaro Shinden, eu me admirei pelo fato de que a minha percepção espiritual estivesse tão pouco acentuado, a ponto de deixar passar despercebida para mim as manifestações que faziam as pessoas chorarem. Olhei tudo com muita admiração pela grandeza da obra humana, sem, no entanto, reconhecer a verdade e o poder de Deus manifesto em tudo aquilo. Eu que sempre busquei o Pai em todas as coisas, o estava perdendo.

Acordei de manhã com a lembrança de um sonho lindo, com o meu pai amado. Eu chegava à casa dele e ele me recebia de uma forma muito carinhosa, coisa que ele pouco fazia, apesar de me amar muito e eu emocionado pensei “vou cuidar dele com muito carinho, assim como ele cuidou de mim quando eu era criança”. O local onde nós estávamos, em casa, tinha a forma de um templo e eu estava muito emocionado. Acordei chorando muito, pedindo perdão a Deus pelos meus erros.

O detalhe que mais me chamou a atenção neste sonho foi o fato do meu pai já ter falecido, há doze anos e eu estar em São Paulo, no momento de sua morte, impossibilitado de ir ao seu enterro, por uma total falta de dinheiro, pois estava vivendo uma fase muito difícil de minha vida financeira. Meu pai jamais me deixaria sozinho, o seu amor por mim era imenso e eu naquele momento me senti impossibilitado de manifestar o meu amor em toda a sua grandeza, por falta de dinheiro.

Entendo que toda a emoção que as pessoas sentiam e que me era impossível manifestar no momento certo, foi manifesta neste sonho, com o conhecimento da verdade sobre a reverência, a dedicação e o amor que temos que ter pelos nossos ascendentes. Os japoneses crescem tanto, de forma tão abundante, por que sabem versar em Deus o Seu poder, abertos em consciência ao amor que Ele nos dedica, expressando no mundo a força, a inteligência e a beleza do Pai.
Rick Steindorfer
Enviado por Rick Steindorfer em 25/10/2007
Código do texto: T709979
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Rick Steindorfer). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rick Steindorfer
Águas de São Pedro - São Paulo - Brasil
3533 textos (530578 leituras)
33 áudios (94905 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 03:02)
Rick Steindorfer