Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
A imagem pode conter: 1 pessoa

UM DIA DESSES EU virei prum pessoal e disse: "Xô ir embora logo, viu... que vai chover.". Me responderam algo do tipo: "ainnn...TÁ SURTADO É?? Oxentii ...aINNN". Então, repeti: com os olhos esbugalhados e rindo enquanto já ia andando: "VAI CHOVER!". E saí às pressas como um ar de pessoa desequilibrada.

Cheguei em casa e bem na hora que fechei a porta caiu um aguaceiro. Daí pensei sozinho: "TÁ VENDO AÊÊ?! SI-LASKÔÔ-ÔÔÔ...." Ok. Continuando...
ENTÃO, amiguinhos... Esta noite eu fui PUNIDO. E sabem porquê? Porque não se deve comemorar a má sorte alheia. Willy Wonka já tinha dito isto... Um dos maiores pesadelos que imagino - quando estou paranoico - e sem ter o que fazer em casa é "estar tomando banho e faltar água" (ou DO NADA aparecer nu no meio de uma praça) e hoje isso aconteceu!! Mas quando o assunto é azar nunca pense que sua imaginação e "ca-tas-tro-fi-za-ção" são o máximo que se pode acontecer. A água acabou e ainda por cima... EU ESTAVA TODO ENSABOADO. Exceto o rosto que, sabe-se lá porque, deixo pro final... enfim.

Fiquei parado encarando o nada... Depois mudei do quente pro frio... Pois, com toda a força de minha babaquice eu fico querendo acreditar que água gelada não acaba nunca, pois ninguém quer usar. Até que... afinal... a vizinhança escutou um sonoro:

"PUTA-QUE-PARIII-ÔÔÔÔÔÔ!!!!!!!" (explicações a dar amanhã). Agora estou aqui... esperando a água voltar. Tirei o sabonete (o que pude) com água de beber da geladeira. Sim... e quem vier me julgar, ou me indicar “precauções a se ter no futuro" ... Por favor, vá chupar uma mesa (ou algo assim). Pois perdi o sono, saí da dieta e tô PUTO da minha vida, comendo pão com manteiga e quase indo lá fora pedir uma Coca. Só não fui porque fiquei com medo dessa chuva que vêm aí... sim, ela vem... ou vai me dizer que ela não vem?

 
Henrique Britto
Enviado por Henrique Britto em 13/01/2021
Código do texto: T7158919
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Henrique Britto
Salvador - Bahia - Brasil, 36 anos
1358 textos (15354 leituras)
4 e-livros (64 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/21 23:35)
Henrique Britto