Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Onde está minha cidade!?
 
Pobre da minha cidade!
Tão invadida! Distorcida ! Vilipendiada!
Cada Político que entra para administrá-la, 
julgando-se seu “Dono”,muda as regras do jogo.
Senão vejamos.
Da era Paulo Maluf, até os dias de hoje;
Eram construções em todo e qualquer 
lugar da cidade.
Onde quer que você fosse, eram buracos, 
desvios, viadutos intermináveis,
pontes inacabadas, Hospitais que nunca 
foram inaugurados,
Escolas lindas por fora, 
mas que jamais foram frequentadas, etc...
Era, sem dúvida alguma, o Prefeito das Obras.
É verdade, pois ele “OBROU” por toda a cidade.
De Norte a Sul, de Leste a Oeste, não deixando 
a Zona Central fora
de seus delíros politiqueiros, naturalmente.( eu acho que ele é louco)!
E, quem lucrou com isso!? Sabemos quem foi. 
A Justiça sabe! Só que a coisa ficou nisso, apenas.
Então, elegemos, a Marta Suplicy!
Aí, começou a “Operação Belezura”!
Mandou pintar todos os postes de iluminação de “pink”, reuniu toda a gama de pixadores e, tratando-os como Grafiteiros, mandou 
que fizessem desenhos coloridos em todos 
os túneis
da cidade, em todos os muros, paredões, deixou tudo uma “belezura”.
Administração séria mesmo que é bom...nada!
Então apareceu o Serra! 
Ah! Esse sim, é um homem sério, portanto,
um Prefeito sério, também, ninguém disso duvidava.
E, no dia de sua posse, jurou de pés juntos, que não deixaria a Prefeitura para se candidatar 
a Governador do Estado.
Iria até o fim de seu mandato, pois quatro anos eram muito poucos para se levar adiante 
todos os seus projetos, visando melhorar a vida de quem reside nesta Metrópole.
Faria tudo que uma boa Administração exigia.
Rsrsrsrs...
Menos de dois anos à frente do Governo Municipal, saiu fora rapidinho candidatando-se 
ao Governo do Estado.
Ganhou as eleiçõs e deixou em seu lugar, gerindo a Prefeitura de uma das maiores cidades do mundo, nada mais do que um tal de Kassab que, 
até então, ninguém sabia de quem se tratava.
Um visionário!
Queria fazer algo diferente... e fez!
Baixou um Decreto-Lei, obrigando a todos 
os comerciantes da cidade,
a retirarem os
Letreiros de indicação de seus Comércios.
E, multa grande, para quem não obedecesse 
dentro do prazo determinado.
Cansados de arcarem com tantas multas pesadas, 
os comerciantes retiraram
todos os Letreiros, 
até mesmo aqueles que identificavam o tipo
de comércio ali existente.
Agora, andando pela cidade de São Paulo, 
parece um cemitério.
Pior! Cemitério pelo menos tem os nomes 
e até fotos dos habitantes.
Ficou sumamente impossível, para quem não conhece a cidade, pessoas que vêm de fora, 
até para comprarem e manterem os estoques em seus comércios,
saberem onde se localizam as lojas, pois as identificações desapareceram das portas,
do alto dos edifícios. Uma baboseira total!
Nem mesmo o nome da Loja pode ficar visível!
Já ouviram falar disso, em algum lugar do mundo?
Todas as cidades, Capitais do mundo inteiro, chamam a atenção, justamente por seus belos Letreiros luminosos, suas luzes piscando.
Coisa de quem não quer trabalhar de verdade,
mas que quer deixar transparecer que está 
fazendo algo.
Ato de algum “ASPONE’, 
que fica com a bunda na cadeira estofada, 
em seus Gabinetes, dignos de um Rei.
Não tem o que fazer, vem uma “idéia brilhante”, mete uma canetada, despacha o Ofício e, 
quem sofre as consequências desses 
atos insanos, é o Povo!
E Kassab não dorme no ponto!
Terreno preparadíssimo para se candidatar ao Governo do Estado, nas próximas eleições.
E, o pior: O POVO VOTA!!!
 
 
 
Milla Pereira
Enviado por Milla Pereira em 02/11/2007
Código do texto: T719960

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Milla Pereira (http://www.millapereira.prosaeverso.net/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Milla Pereira
São Paulo - São Paulo - Brasil
2954 textos (495176 leituras)
42 áudios (7886 audições)
14 e-livros (6401 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 22:19)
Milla Pereira