Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ventos

Tocou a campainha, fui atender:
- Quem é ? - Perguntei.
- É o vento negro - disse ele - que vem lá dos cafundós.
- Mas por que estás aqui?
- Vim me aventurar, conhecer novos ventos. - falou, com um certo brilho no olhar - Por falar nisso, conhece o Minuano?
- Claro, e como conheço! - falei, entusiasmada - Entre, ele está na sala.
E foi um tufão, uma mistura de ventos, um encontro estúpido, exagerado e embriagadíssimo (por eu ter bebido algo que agora não lembro) que ocorreu dentro de minha sala e eu pude enxergar coisas jamais vistas a olho nu, coisas que... sei lá, nem o tempo conseguirá desgastar e nem os ventos levarão embora de dentro do vazio que ocupa o meu rosto e o meu corpo.


* inspirado, levemente, numa aula de Geografia
Doraisa
Enviado por Doraisa em 02/11/2007
Código do texto: T720717
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Doraisa
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 26 anos
62 textos (4936 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 17:31)
Doraisa