Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VI 17 DE MARÇO DE 1962 08h40min.

Em singelo texto nos referimos (IV) de modo sucinto a este amigo, motivo pelo qual estamos recolocando neste espaço, a homenagem que fizemos a ele em 30 de novembro de 2011
TRILHAS DE LUZ...
                                                        (Reminiscências.)
             Há seres humanos especiais*. O seu nível de consciência está além de seu tempo; já incorporaram dentro de si o sentimento pleno de religiosidade, que estão acima das religiões que quase sempre divide e não une, pois crêem serem os portadores de verdades absolutas...
             Em sua passagem terrena entre nós, procurava todos os dias e horas, primar através das atitudes e exemplos, que aqui não estava para ser servido, mas para servir...
             Engenheiro Civil, formado pela Universidade Federal do Paraná, lecionou vários anos até se aposentar. Pela sua competência e capacidade nata de administrador, foi convidado a ocupar vários cargos públicos de destaque; (Diretor da URBS, Sanepar e o desafio maior Diretor de Recursos Humanos.) jamais tirou proveitos pessoais nos cargos que ocupou; primava pelos exemplos em seus atos, a ponderação, sobriedade, a coerência: os interesses públicos prevaleciam acima dos interesses pessoais...
             Tivemos o privilégio de convivermos com ele durante mais de quatro décadas, quanto aprendemos com ele! Pois a Casa Espírita que freqüentávamos era a mesma; * dom nato à comunicação sempre fazia excelentes palavras; estudioso, não ficava restrito aos ensinos que a Doutrina Espírita oferece, procurava comparações filosóficas em outras fontes, que muitas vezes eram o sucesso do momento; como “revelações” de verdade; afirmando em certa ocasião que era pena que o autor não tivesse lido O Livro dos Espíritos!
              Foram 68 anos de existência terrena, quando nos deixou, (30/11/2.003) esposo, pai e avô dedicado, jamais esmoreceu diante das vicissitudes de sua venerável esposa, * estava ao seu lado, incansavelmente disposto a ajudá-la, foi ele que há alguns anos antes dera o incentivo de uma formação universitária, - psicologia. - aposentado fazia o papel de seu secretário, na elaboração da agenda de pacientes, e a grande maioria de graça...
              Quem pode esquecer, e enaltecer a caridade de seu café matinal, a mais de três dezenas de pessoas, a maioria moradores de rua, que todas as manhãs, mais ou menos a 07h00minh se dirigiam à sua casa, recebiam o café com leite e pão, admirem! Feito por ele próprio...
               Com este gesto de caridade, com certeza não tinha a pretensão de modificar o mundo, mas certamente fazer aparte que lhe competia.
               Sua esposa já havia retornado à pátria espiritual há alguns meses, quando na data acima também fez o seu retorno, deixando a nós seus exemplos de vida e com certeza a numerosa família guardará as emorredouras lembranças; que viver vale à pena quando a prática do amor incondicional prevalece acima de tudo...

*Napoleão Araújo, nasceu em Ponta Grossa, 10/03/35- desenlace em 30/11/2.003
*  Na Federação Espírita do Paraná exerceu vários cargos inclusive de Presidente.
* Centro de Estudos Espírita Francisco de Assis.
* Elci Cunha de Araújo. 10 filhos, seis adotados como “filhos do coração”.
* Alguns números compilamos do jornal o Mundo Espírita, julho de 2.008 (Vidas Exemplares dados Biográficos).
Curitiba, 30 de novembro de 2011- Reflexões do Cotidiano- Saul 08h49min.
Hoje é 31 de março de 2021 – Reflexões do Cotidiano – Saul
https://www.recantodasletras.com.br/autoes/walmorizmerman
mensagensespiritas.site        walmor.zimerman@bol.com.br

       
 
 
Walmor Zimerman
Enviado por Walmor Zimerman em 31/03/2021
Reeditado em 31/03/2021
Código do texto: T7220228
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Walmor Zimerman
Curitiba - Paraná - Brasil, 79 anos
1612 textos (131823 leituras)
1 áudios (164 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 14:52)
Walmor Zimerman