Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para espantar o tédio

Acredito que assim como eu, muita gente não aguenta mais o isolamento que estamos submetidos. A casa nunca esteve tão em ordem como agora. Na falta do que fazer , estamos  sempre deixando tudo no lugar. Até isso está me incomodando. Por onde anda aquela bagunça deixada por voltar cansada de um passeio? Aquele sapato por limpar, aquele vestido jogado na cadeira para ser guardado. Louça na pia? Qual?! Não fica um copo por lavar. Serviço de casa tudo na mais perfeita ordem! Irritante! Dá vontade de fazer uma cena de novela quando a personagem passa a mão com raiva numa mesa arrumada e lá vão pratos , copos ,talheres pelo chão. Ufa! que delícia...

Precisamos arrumar o que fazer para distrair as ideias. Agora estou curtindo música no canal Net - MPB direto. Entrou Guilherme Arantes : Amanhã. Segundo a letra da música "amanhã será outro dia"... O pior é esperar esse amanhã que não chega nunca ! Mudei de ritmo e fui  ouvir Arlindo Cruz convidando o corpo se mexer e sambar um pouquinho. Mudou a música e agora veio o artista Ferrugem cantando "Tristinha". Não estou triste! Estou cansada desse tédio , sozinha , sem poder receber e nem visitar ninguém. Será que a luz do fim do túnel está mais perto de aparecer? Deus permita, Deus permita . Gente, tá puxado...
Daisy Zamari
Enviado por Daisy Zamari em 01/04/2021
Código do texto: T7221243
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Daisy Zamari
Santos - São Paulo - Brasil, 81 anos
492 textos (21241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 14:39)
Daisy Zamari

Site do Escritor