Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS “COMPROMISSOS” DE MARÇO... 07h39min.

Mais um mês de março chegou ao fim em nossas vidas, em que vai ser lembrando como o mais trágico em nosso país, pois quase 150 mil pessoas faleceram, atribuídas a este inimigo invisível, que não escolhe classe social ou raça, com seus mistérios quase que indecifráveis: porque tem feito tantas vidas em nosso país, e o mesmo não aconteceu onde tudo se originou, pois “eles” afirmam, que houve tão somente perto de cinco mil mortes. Será isto realmente verdade?....

Quanto a “nós”, havia um “compromisso”, receber a segunda dose da vacina, - que triste “castigo” a chinesa – a primeira foi em 11 de março, e segunda em 01 de abril, - que muitos afirmam que é o dia da mentira – a filha Nice, muito preocupada queria que fossemos as 7 horas, porém, a vacinação somente começaria as 8 horas. A convencemos não ir neste horário. Almoçaríamos mais sedo perto de 11 horas, e, em seguida iríamos sair, até o Lucky almoçou mais cedo.

Pensávamos que neste horário, perto de meio dia, a fila já tivesse diminuído. Ledo engano, longa era a “caravana”, dava perto de três km. de carro, que se movia muito lentamente, se ligava a primeira marcha em seguida se parava...

Até comentamos com a filha, na metade do percurso, que era melhor deixar o carro ligado por uns vinte minutos, para que a bateria não “perder força”. Foi o que foi feito. No pequeno percurso se passaram perto de três hora, - num teste de paciência – um pouco ante da chegado do posto de vacinação, - Igreja Santo Antônio – atendente solícito confirmação a documentação, com a data da segunda dose. A enfermeira, antes da aplicação fazia questão de mostrar os 10 ml tirados do frasco, finalmente a segunda doze foi aplicada, a mim e a esposa.

Para evitar qualquer dúvida na Carteira de Vacinação, costa o número do lote da vacina, para tirar qualquer tipo de “suspeita”, o que dá segurança ao vacinado.

Finalmente, março está se findando, com abril começando, que possa trazer esperanças, que esta pandemia se amenize, com as quase um milhão de dozes aplicadas diariamente, em que os oportunistas de “plantão”, somente torcem contra o governo, pois para eles quanto pior melhor, não pensam no bem do país, mas tão somente na sua “obsessão” de votarem ao governo, depois de 16 anos de nefasta obra...

Que Deus olhe pelo nosso Brasil, e o proteja, para não nos “transformarmos” numa Venezuela, ou Argentina, que estão vivendo um caótico momento... 08h13min.
Curitiba, 02 de abril de 2021 – Reflexões do Cotidiano – Saul
https://recantodasletas.com.br/autores/walmorzimerman
mensagensespirtas.site   walmor.zimerman@bol.com.br
 
Walmor Zimerman
Enviado por Walmor Zimerman em 02/04/2021
Reeditado em 02/04/2021
Código do texto: T7221877
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Walmor Zimerman
Curitiba - Paraná - Brasil, 79 anos
1612 textos (131823 leituras)
1 áudios (164 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 14:46)
Walmor Zimerman